G is for Google (AlphaBet)


Como Sergey e eu escrevi na carta original fundadores, há 11 anos, “Google não é uma empresa convencional. Não temos a intenção de se tornar um AlphaBet” Larry Page

AlphaBet.com nova companhia contará com todas as divisões atuais do Google,alphabet_google flammarion Cysneiros que vão desde os serviços de internet centralizadas na Google Inc. a áreas como desenvolvimento e pesquisa em saúde (Calico), tecnologia (Google X) e investimento (Google Capital e Google Ventures). Ela herda assim os números da empresa, que em 2014 chegaram a uma receita de US$ 66 bilhões e renda líquida de mais de US$ 14 bilhões.

Basicamente significa que a Google pode construir um portfólio muito mais amplo de novos negócios sem necessariamente envolver a ‘marca Google.

Gráfico explica organização da Alphabet, nova empresa-mãe do Google

Se você acompanhou as notícias da última segunda-feira, 10, já sabe que o Google agora faz parte de uma companhia maior, a Alphabet. O Olhar Digital conta tudo neste link e, neste aqui, explica os porquês da nova configuração.

Mesmo assim, ainda pode ser um pouco complicado compreender o que está acontecendo. Pensando nisso, o pessoal do Business Insider organizou a nova empresa de uma forma gráfica, o que facilita bastante o entendimento.

Confira:

Reprodução

O Google está mudando, e não é pouco. A empresa está sendo reorganizada e reformulada para dar origem à Alphabet Inc., que será um guarda-chuva para todas as atividades da companhia. O Google como conhecemos hoje será apenas uma parte da Alphabet, embora ainda seja, disparado, a maior parte.

Como resultado disso, Larry Page, fundador e hoje CEO do Google, deixa o cargo para ser o executivo maior da Alphabet, enquanto Sergey Brin, outro fundador, se torna presidente da Alphabet.

O posto de CEO do Google não ficará vago por muito tempo. Sundar Pichai, que se notabilizou por seu trabalho com o Android, mas que ao passar dos anos começou a tomar conta de cada vez mais serviços da empresa, se tornará o novo chefe da companhia.

Reprodução
Sundar Pichai agora é CEO do Google; Larry Page e Sergey Brin comandarão a Alphabet

Segundo Larry Page, a Alphabet poderá controlar todos os projetos paralelos do Google, que estavam indo muito além dos serviços de internet que eram característicos da empresa. Isso inclui a áreas como o desenvolvimento das lentes de contato inteligentes para medição do nível de glicose para diabéticos e a Calico, focada no aumento da longevidade humana. Cada uma destas subdivisões da Alphabet terá seu próprio CEO.

A nova companhia também abraçará o que antes era chamado de “Google X” (agora deve se chamar apenas “X lab”), com os projetos ambiciosos de sempre, como o carro autônomo, o Glass, os drones, e etc. Os braços de investimentos serão separados do Google e se tornarão independentes, mas sob o controle da Alphabet.

Page explica que o nome da nova companhia significa “uma coleção de letras que representa a linguagem, uma das inovações mais importantes da humanidade, e é o núcleo de como indexamos com
o Google Search”.

Ele também observa que a Alphabet não deve se tornar uma grande marca para o consumidor. O objetivo é que cada uma de suas partes sejam independentes para desenvolver suas próprias marcas. Ou seja: o objetivo é deixar a nova companhia como plano de fundo gerenciando uma grande variedade de serviços, produtos e projetos que levarão seus próprios nomes de forma livre.

Mais Notícias:

O Google escondeu um segredo inusitado na página da Alphabet

10/08/2015 19h48
4
siliconvalley

Reprodução

Os criadores do Google pegaram o mundo de surpresa nesta segunda-feira (10) com a criação da Alphabet, uma empresa que terá o próprio Google como uma de suas subsidiárias. A nova marca já tem inclusive o próprio site, abc.xyz – que por acaso esconde um easter egg inusitado, relacionado à série de comédia Silicon Valley, da HBO.

Para vê-lo, acesse a página e clique primeiro no More para ver o restante do comunicado. Ali no meio, procure por “our drone delivery effort”, e tente em seguida clicar no ponto que encerra a frase. Se você não conseguiu ou simplesmente não quer ter o prazer de descobrir o segredo escondido, a página para a qual você será redirecionado é essa aqui.

Foto por: Reprodução

A relação entre o endereço e o seriado é até óbvia para quem assistiu à segunda temporada. Nela, a Hooli – que funciona como o “Google” no Vale do Silício fictício – cria sua própria divisão de pesquisas avançadas, nos moldes do Google X. O nome? Hooli XYZ.

O personagem Big Head, que aparece logo de cara no site, é colocado como braço direito do setor para pouco depois assumir o cargo de chefe por sua “competência”. Sua equipe fica responsável por desenvolver projetos inovadores, como um braço mecânico – que é inclusive testado em um macaco, em uma das melhores cenas da temporada – e o sistema lançado pela Hooli para concorrer no mercado com o PiedPiper.

Google agora pertence à Alphabet, holding criada pelos seus fundadores

Por meio de uma publicação em seu blog oficial, a Google anunciou que agora faz parte de uma empresa chamada “Alphabet”. É isso mesmo!Na verdade, a Gigante das Buscas não foi comprada (e quem conseguiria?), mas sim transformada em uma holding, a tal Alphabet. Com isso, essa nova empresa compreenderá a Google, a Nest, a Calico, a Fiber e vários outros negócios que a empresa criou e comprou nos últimos anos.

A marca “Google” continuará sendo a principal dessa nova holding, compreendendo todos os negócios relacionados à internet e sistemas operacionais. Ou seja, Google Search, YouTube, Gmail, Google+,Mapas e Android ainda estarão sob o mesmo guarda-chuva.

Mas afinal, por que isso aconteceu?

O que essa nova mudança pode trazer de bom para a nova holding é a liberdade de atuar em vários segmentos de mercado diferentes sem ter que atrelar o nome “Google” a tudo, que já identifica implicitamente uma empresa de internet e tecnologia em geral. Ou seja, a Alphabet vai começar do zero e poderá ter negócios muito diversificados sem comprometer a identidade de suas subsidiárias.

Basicamente significa que a Google pode construir um portfólio muito mais amplo de novos negócios sem necessariamente envolver a ‘marca Google’

Troca de CEOs

Fora essa mudança organizacional, a postagem oficial no blog da companhia explica que cada um desses negócios terá um CEO diferente, e a Alphabet será controlada pela dupla de fundadores Larry Page e Sergey Brin, sendo o primeiro o CEO da holding e o segundo o presidente.

Eles devem escolher quem vai comandar cada negócio, e a “divisão Google” já tem o seu novo chefe. Ele é Sundar Pichai que, antes de assumir o cargo de chefe executivo, estava à frente do departamento de engenharia e produtos, incluindo o Android. Page teceu vários elogios a Pichai em sua carta de anúncio da criação da Alphabet, e disse que ele será completamente capaz de levar a nova empresa adiante.

Financeiro

Ainda há poucas informações sobre quando essas mudanças vão de fato se concretizar, mas Page comentou que, quando o relatório do último trimestre fiscal deste ano for publicado, os valores e resultados já estarão separados. Além disso, as ações da atual “Google” serão todas convertidas em ações da “Alphabet” na NASDAQ.

Que diabos de site é esse?

O site da nova companhia já está no ar, “https://abc.xyz/”, e é um tanto estranho. Ao que parece, o nome Alphabet.com não estava mais disponível e/ou era muito caro. De qualquer forma, infelizmente ainda não há muita coisa na página para sanar a curiosidade de ninguém. Fique ligado no TecMundo para saber mais sobre isso.

Google anuncia reformulação histórica e cria nova empresa-mãe, Alphabet

Comandada por Sundar Pichai, Google Inc. se torna subsidiária.
Fundador da companhia, Larry Page é o presidente executivo da Alphabet.

Do G1, em São Paulo

Página 'abc.xyz', usada para anunciar a criação da Alphabet, companhia manterá os serviços de internet do Google à parte do desenvolvimento de novas tecnologias. (Foto: Reprodução/abc.xyz)Página ‘abc.xyz’, usada para anunciar a criação da Alphabet (Foto: Reprodução/abc.xyz)

O  Google anunciou nesta segunda-feira (10) uma alteração em sua estrutura corporativa, o que colocará cada área de seus negócios sob o guarda-chuva de uma nova empresa, batizada de Alphabet. (veja abaixo como fica a nova estrutura)

Esta é a maior reformulação na história da companhia desde que ela foi criada em 1998, ainda como um buscador de internet. Essa nova estrutura será introduzida em fases nos próximos meses.

 

O NOVO GOOGLE
Empresa passa por reformulação histórica

A Alphabet funcionará como uma holding para abrigar as várias divisões de negócio da empresa, que vão desde seus serviços de internet, reunidas dentro da Google Inc., a áreas mais variadas como a Calico (saúde), a Google Ventures (fundo de capital semente), a Google Capital (fundo de investimento) e a Google X (pesquisa e desenvolvimento).

Larry Page, atual presidente-executivo do Google, se tornará o CEO da Alphabet. Já Sergey Brin, o outro fundador da empresa, assumirá a presidência da companhia.

“Fundamentalmente, acreditamos que isso nos permite mais habilidade de administração, já que passamos a comandar coisas que não têm tanta relação de forma independente”, escreveu Page no blog da empresa. “O novo Google está um pouco mais magro, com as companhias que estão muito longe dos nossos produtos de internet contidos na Alphabet”.

Sundar Pichai, vice-presidente do Google para Android, apresenta novidades sobre o sistema no Google I/O 2015. (Foto: Jeff Chiu/Associated Press)Sundar Pichai é o novo presidente da Google Inc.
(Foto: Jeff Chiu/Associated Press)

Empresa dentro da empresa
Com a mudança, a Google Inc., companhia responsável pelas áreas de internet, como YouTube, buscador, Mapas, Chrome, Android, Gmail, passa a ser comandada por Sundar Pichai. Antigo vice-presidente de produtos, ele se torna o novo presidente da empresa.

Contendo os serviços responsáveis por grande parte da receita anual da companhia, que em 2014 chegou a US$ 66 bilhões, a Google se torna efetivamente uma subsidiária da Alphabet.

As demais divisões atuais da Google também passarão a ser subsidiárias da Alphabet, como a Calico (de mapeamento de código genético) e a Life Sciences (de lentes de contato para detectar diabetes).

Outra das antigas divisões alçada ao posto de empresa independente é o Google X, responsável por alguns dos projetos de maior visibilidade da companhia: o Loon, que fornece conexão à internet via balão para lugares remotos do mundo; o carro que se dirige sozinho; o celular modular, que pode ter componentes como bateria e câmera reorganizadas conforme a vontade do usuário; e os óculos inteligentes Glass.

Ações e resultados financeiros
A Alphabet Inc. substitui assim a Google Inc. como entidade na bolsa de ações. De acordo com Page, todas as ações da Google serão automaticamente convertidas para o mesmo número de ações da Alphabet, com os mesmos direitos. As duas classes de ações continuarão a ser negociadas na bolsa de ações americana Nasdaq como GOOGL e GOOG.

Os resultados da Alphabet sobre a nova estrutura serão reportados ao mercado em forma de balanço pela primeira vez em janeiro de 2016, quando serão divulgados os resultados do quarto trimestre de 2015.

Alfabeto
O endereço na internet da página da Alphabet Inc. faz uma brincadeira com o próprio nome da empresa. É o “abc.xyz”.

A url do site aproveita uma possibilidade aberta pela Corporação de Atribuição de Nomes e Números na Internet (Icann, na sigla em inglês), que permitiu, em outubro de 2013, a criação de novos domínios na internet diferentes do “.com”, “.org” e “.br”, por exemplo.

Empresa não convencional
Larry Page e Sergey Brin começaram a desenvolver o buscador on-line que viria a ser o Google em 1996, quando faziam seu doutorado na Universidade de Stanford, nos EUA. Em 1998, a empresa recebia seu primeiro investimento.

Seis anos depois, em 2004, a Google Inc. colocava sua oferta inicial de ações na bolsa de valores. “A Google não é uma companhia convencional. Nós não temos a intenção de nos tornarmos uma”, afirmou Page, citando a carta escrita pelos fundadores há 11 anos.

Reformulação do Google (Foto: Arte/G1)

Acesse: https://abc.xyz

Parnaíba constrói sua vocação para tecnologia e o empreendedorismo


parnaiba-620x340

 

A cidade de Parnaíba, no Piauí, a capital do Delta, localizada ao norte do estado a pouco mais de 300 quilômetros de Teresina (Capital) com cerca de 170 mil habitantes, tem a maior taxa de crescimento econômico do Brasil, segundo levantamento realizado pelo anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) entre municípios do interior. A cidade é a segunda maior do estado do Piauí e a quarta no Nordeste com maiores investimentos.  Com a economia ainda baseada no agronegócio  com produção e exportação de cera de carnaúba, óleo de babaçu, gordura de coco, folha de jaborandi, castanha de caju, algodão e couro, atualmente busca alternativas na tecnologia e no empreendedorismo para fortalecer-se como Polo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Uma delas é a criação do Instituto Delta TIC’s, formado pela união de empresas parnaibanas que já vinham fazendo projetos entre si e que que  busca o desenvolvimento das tecnologias de informação na cidade de Parnaíba e consequentemente em todo estado do Piauí.  Sua fundação compreende a projeção de esforços dos empresários, pesquisadores e agentes do governo, para tornar palpável medidas consideradas ideais para o crescimento do setor, economia, qualidade de vida e campo de trabalho para os egressos de TI.

Já em seu nascimento, o Delta TIC’s, contempla uma série de inovações que se estendem desde de sua estrutura organizacional, funcional e valores almejados. Profissionalizar por meio da adesão de inovação, responsabilidade social e empreendedorismo, as empresas associadas; maximizar e compartilhar resultados do faturamento deste crescimento para que o setor se torne autossustentável gerando oportunidades para nascimento e ascensão de novos negócios; devolver à sociedade por meio de contrapartidas sociais valores humanos, qualidade de vida e oportunidades e ser uma das portas para que a academia possa ter seus resultados aplicados na forma de inovação são algumas delas.

Hoje o instituto tem uma amplo espaço num shopping onde já abriga oito empresas, uma incubadora comercial, uma incubadora acadêmica num espaço compartilhado inspirado na ideia de que todas as empresas possam ajudar-se mutuamente e na prática. As empresas mais experientes e capitalizadas contribuem para que jovens empreendedores também possam gozar de um modelo de incentivo onde todos crescem juntos, fortalecendo o segmento no Estado e desenvolvendo um sistema equilibrado.

A presença da academia nesta arquitetura é outro fator diferencial do projeto. A Academia vincula-se ao polo com a responsabilidade de doar conhecimento e incentivo à pesquisa de novas tecnologias por meio da interação entre professores e alunos e pode aproveitar a estrutura e o potencial do pólo para o desenvolvimento de soluções com aplicações tecnológicas e qualquer área do conhecimento agora poderá interagir com as contribuições que a TI oferece.  A estrutura de suporte de atuação do DELTA TIC´s está configurada assim:

foto2

 

Um diferencial para o aspecto econômico do polo está centrado na organização do fluxo que envolve os agentes empresas, academia e poder público, de forma que as universidades  possam gerar conhecimento a ser absorvido pelas empresas e, por sua vez, as empresas irão gerar inovações mediante a produção de ferramentas inteligentes e desta forma, o poder público pode incentivar o desenvolvimento tecnológico, sendo ele tanto um laboratório como um utilizador direto destas novas ferramentas.

Uma vez que este ciclo ocorra e o fluxo aconteça, os empresários, a comunidade acadêmica e a população são beneficiados diretamente, tanto em aspectos financeiros como educacionais e, consequentemente, há um aumento na qualidade de vida. Para que este diferencial possua um fluxo contínuo, a capacitação dos agentes envolvidos é determinante, pois só mediante planejamento e preparo o sistema pode suportar crescimento e expansão. Além da metodologia inovadora, desenvolve-se no polo um mecanismo de expansão econômica através de um sistema diferenciado de negociação, que consiste em um novo modelo de negócio, o qual originou uma empresa para a Gestão de Negócios: Consultólogo – Rede Brasileira de Consultoria, Marketing e Representação. Mas esse é um tema para uma próxima conversa.

Por Paulo Cesar Coutinho

Delta de Bem: Uma tarde diferente…e com novas expectativas.


O Projeto Escola Aberta Michele Massimiliano Marco Pingio, recebeu hoje a visita da equipe do Projeto Delta de Bem – Inovação e Inteligencia em Gestão e TI, representantes da Igreja Padre Vitório dentre outros, os mesmos foram recepcionados  pelos jovens que atuam no projeto, artesãos, comunidade e a colaboradora e Coordenadora Inês Melo.

 Na oportunidade foram apresentados alguns trabalhos de artes  confeccionados por alunos do Curso de Artes Plásticas  em parceria com o departamento de Cultura SESC PCG – Parnaíba e também uma apresentação dos jovens de Capoeira, coordenados pelo Sidney Carvalho que duas vezes por semana realiza  um trabalho voluntário com vinte jovens na Escola Aberta.
Em nome da Associação Artesanal do Barro Vermelho os artesãos Chiquinho e Juscelina presentearam os visitantes com uma peça de argila.
Fonte: Voz de Ilha Grande

Projeto Delta de Bem inicia suas atividades em Parnaíba

Trinta crianças e pré-adolescentes da comunidade Barro Vermelho, litoral piauiense, por meio de uma ação dos empresários que compõe o Delta TIC’S Polo Tecnológico, passaram a ser beneficiadas por atividades do Delta de Bem Projeto Social, que tem como foco, o empreendedorismo social e a inovação.
O Delta TIC’S Polo Tecnológico é um projeto que tem a parceria da Prefeitura de Parnaíba com o Governo do Estado, além do apoio da ATI (Agência de Tecnologia da Informação do Estado) e da FAPEPI (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí). O espaço é voltado para a promoção tecnológica, inovação e ciência. O Polo de Desenvolvimento Tecnológico de Parnaíba funciona no Dunnas Shopping.
Paulo César Coutinho, a representante dos empresários do Polo, Valeska Menezes e Flammarion Cysneiros
E, o Projeto “Delta de Bem” é uma idealização dos empresários Paulo César Coutinho e Flammarion Cysneiros, da cidade de Recife, que utilizam a metodologia code.org para formar programadores em comunidades carentes. A meta é que as parcerias a serem desenvolvidas no polo sejam transformadas em ações reais e de benefício à população.
Dando continuidade ao trabalho, foi inaugurada na noite da última quinta-feira (03/06), em uma das salas do Polo Tecnológico, o espaço do Projeto Delta de Bem. Na ocasião, as crianças beneficiadas, empresários, representantes do Sebrae, regional Parnaíba, o prefeito Florentino Neto e a secretária de Desenvolvimento Social, Flaviana Veras, participaram da inauguração da sala onde funcionará atividades ligadas ao trabalho social.
Um dos empresários responsável pelo Delta de Bem, Flammarion Cysneiros, ressaltou que qualquer projeto que trabalhe os quatro pilares: educação, empresas, governo e o social, há todas as possibilidades de dar certo. Trata-se de uma metodologia inovadora, onde a cidade de Parnaíba é pioneira.
O prefeito Florentino Neto disse o Polo Tecnológico se destaca em suas ações, já que agora além das atividades já existentes, já que as empresas que compõe o polo estão cumprindo a sua função social, onde as crianças terão um espaço para desenvolver suas atividades.
As trinta crianças que participarão de todas as atividades do Projeto de Bem foram levadas para uma visitação no Campeonato de Robótica que aconteceu no prédio da Faculdade Maurício de Nassau.

Por Tacyane Machado

O projeto “Delta de Bem” foi implantado para otimizar a gestão social das empresas do Polo de Desenvolvimento Tecnológico Delta TIC´s, no Complexo do Dunnas Shopping. O lançamento oficial aconteceu na noite de quarta-feira (03), com a participação de crianças e adolescentes agraciadas por atividades do projeto.

delta_do_bem5

Os idealizadores do “Delta de Bem” Flammarion Cysneiros Júnio e Paulo César Coutinho apresentaram o projeto para a comunidade e para o prefeito de Parnaíba Florentino Neto. Segundo Flammarion, as empresas que compõem o Polo de Desenvolvimento Tecnológico farão a cada mês atividades para alunos das escolas públicas.

delta_do_bem4

Na estreia do projeto social, meninos e meninas entre 04 e 16 anos de idade da comunidade do Barro Vermelho serão treinadas de forma lúdica para serem futuros programadores. Dentro das atividades, eles puderam ser expectadores de um campeonato de robótica, realizado pela Faculdade Maurício de Nassau. Já na sede do “Delta de Bem”, puderam participar de outras atividades lúdicas voltadas à tecnologia da informação e a dinâmica de equipes.

delta_do_bem1

O prefeito Florentino Neto parabenizou as empresas pela preocupação social, uma vez que o Polo Tecnológico foi criado, através de uma parceria com a Prefeitura de Parnaíba, para dar oportunidade às empresas de tecnologia da informação criarem soluções inteligentes que ajudem no desenvolvimento de Parnaíba.

delta_do_bem3

delta_do_bem2

O prefeito elogiou ainda a inovação do projeto que é aberto às idéias e não é um sistema fechado de execução de ações, comum aos projetos atuais e portanto, flexível e de resultado. “As dificuldades têm limite, mas a criatividade e a capacidade das pessoas não têm limite”, afirmou o prefeito.

delta_do_bem6

Fonte: http://parnaiba.pi.gov.br/phb/polo-de-desenvolvimento-tecnologico-lanca-projeto-social-delta-de-bem/

Empresas de tecnologia apostam em responsabilidade social

Empresas de Tecnologia da Informação (TI) em Parnaíba, do Polo de Desenvolvimento Tecnológico Delta TIC´s, localizado no Dunnas Shopping, lançaram na noite de quarta-feira (03/06) o projeto de responsabilidade social “Delta de Bem”, que tem por finalidade beneficiar comunidades carentes.
Os idealizadores do “Delta de Bem” Flammarion Cysneiros Júnio e Paulo César Coutinho informaram que as ações do projeto serão realizadas todos os meses pelas empresas do Polo em favor da sociedade. Na estreia do projeto social, meninos e meninas entre 04 e 16 anos de idade, da comunidade Barro Vermelho, estão sendo treinados de forma lúdica para serem futuros programadores.
O prefeito Florentino Neto parabenizou as empresas pela preocupação social, e ressaltou que o Polo de Desenvolvimento Tecnológico Delta TIC´s foi criado com o objetivo de colaborar no desenvolvimento da cidade; no entanto, as empresas estão surpreendendo com mais esta iniciativa.
Fonte: Proparnaiba

Em Parnaíba, o projeto “Delta de Bem” foi implantado para otimizar a gestão social das empresas do Polo de Desenvolvimento Tecnológico Delta TIC´s, no Complexo do Dunnas Shopping.

O lançamento oficial aconteceu na noite desta quarta-feira (03), com a participação de crianças e adolescentes agraciadas por atividades do projeto.

Os idealizadores do “Delta de Bem” Flammarion Cysneiros Júnio e Paulo César Coutinho apresentaram o projeto para a comunidade e para o prefeito de Parnaíba Florentino Neto.

Segundo Flammarion, as empresas que compõem o Polo de Desenvolvimento Tecnológico farão a cada mês atividades para alunos das escolas públicas.Na estreia do projeto social, meninos e meninas entre 04 e 16 anos de idade estão sendo treinados de forma lúdica para serem futuros programadores.

Dentro das atividades, eles puderam ser expectadores de um campeonato de robótica, realizado pela Faculdade Maurício de Nassau. Já na sede do “Delta de Bem”, puderam participar de outras atividades lúdicas voltadas à tecnologia da informação e a dinâmica de equipes.

O prefeito Florentino Neto parabenizou as empresas pela preocupação social, uma vez que o Polo Tecnológico foi criado, pela Prefeitura de Parnaíba, para dar oportunidade as empresas de tecnologia da informação a criarem soluções inteligentes que ajudem no desenvolvimento de Parnaíba. Ele elogiou ainda a inovação do projeto que é aberto às ideias e não é um sistema fechado de execução de ações, comum aos projetos atuais. Portanto, flexível e de resultado. “As dificuldades têm limite, mas a criatividade e a capacidade das pessoas não têm limite”, afirmou o prefeito.

Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title
Image title

Polo de Desenvolvimento Tecnológico lança projeto social

O projeto “Delta de Bem” foi implantado para otimizar a gestão social das empresas do Polo de Desenvolvimento Tecnológico Delta TIC´s, no Complexo do Dunnas Shopping. O lançamento oficial aconteceu na noite de quarta-feira (03), com a participação de crianças e adolescentes agraciadas por atividades do projeto.

Os idealizadores do “Delta de Bem” Flammarion Cysneiros Júnio e Paulo César Coutinho apresentaram o projeto para a comunidade e para o prefeito de Parnaíba Florentino Neto. Segundo Flammarion, as empresas que compõem o Polo de Desenvolvimento Tecnológico farão a cada mês atividades para alunos das escolas públicas.

Na estreia do projeto social, meninos e meninas entre 04 e 16 anos de idade da comunidade do Barro Vermelho serão treinadas de forma lúdica para serem futuros programadores. Dentro das atividades, eles puderam ser expectadores de um campeonato de robótica, realizado pela Faculdade Maurício de Nassau. Já na sede do “Delta de Bem”, puderam participar de outras atividades lúdicas voltadas à tecnologia da informação e a dinâmica de equipes.

O prefeito Florentino Neto parabenizou as empresas pela preocupação social, uma vez que o Polo Tecnológico foi criado, através de uma parceria com a Prefeitura de Parnaíba, para dar oportunidade às empresas de tecnologia da informação criarem soluções inteligentes que ajudem no desenvolvimento de Parnaíba.

O prefeito elogiou ainda a inovação do projeto que é aberto às idéias e não é um sistema fechado de execução de ações, comum aos projetos atuais e portanto, flexível e de resultado. “As dificuldades têm limite, mas a criatividade e a capacidade das pessoas não têm limite”, afirmou o prefeito.

Secom
Edição: Proparnaiba.com

Projeto Delta de Bem inicia suas atividades em Parnaíba


Trinta crianças e pré-adolescentes da comunidade Barro Vermelho, litoral piauiense, por meio de uma ação dos empresários que compõe o Delta TIC’S Polo Tecnológico, passaram a ser beneficiadas por atividades do Delta de Bem Projeto Social, que tem como foco, o empreendedorismo social e a inovação.
O Delta TIC’S Polo Tecnológico é um projeto que tem a parceria da Prefeitura de Parnaíba com o Governo do Estado, além do apoio da ATI (Agência de Tecnologia da Informação do Estado) e da FAPEPI (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí). O espaço é voltado para a promoção tecnológica, inovação e ciência. O Polo de Desenvolvimento Tecnológico de Parnaíba funciona no Dunnas Shopping.
Paulo César Coutinho, a representante dos empresários do Polo, Valeska Menezes e Flammarion Cysneiros
E, o Projeto “Delta de Bem” é uma idealização dos empresários Paulo César Coutinho e Flammarion Cysneiros, da cidade de Recife, que utilizam a metodologia code.org para formar programadores em comunidades carentes. A meta é que as parcerias a serem desenvolvidas no polo sejam transformadas em ações reais e de benefício à população.
Dando continuidade ao trabalho, foi inaugurada na noite da última quinta-feira (03/06), em uma das salas do Polo Tecnológico, o espaço do Projeto Delta de Bem. Na ocasião, as crianças beneficiadas, empresários, representantes do Sebrae, regional Parnaíba, o prefeito Florentino Neto e a secretária de Desenvolvimento Social, Flaviana Veras, participaram da inauguração da sala onde funcionará atividades ligadas ao trabalho social.
Um dos empresários responsável pelo Delta de Bem, Flammarion Cysneiros, ressaltou que qualquer projeto que trabalhe os quatro pilares: educação, empresas, governo e o social, há todas as possibilidades de dar certo. Trata-se de uma metodologia inovadora, onde a cidade de Parnaíba é pioneira.
O prefeito Florentino Neto disse o Polo Tecnológico se destaca em suas ações, já que agora além das atividades já existentes, já que as empresas que compõe o polo estão cumprindo a sua função social, onde as crianças terão um espaço para desenvolver suas atividades.
As trinta crianças que participarão de todas as atividades do Projeto de Bem foram levadas para uma visitação no Campeonato de Robótica que aconteceu no prédio da Faculdade Maurício de Nassau.

Por Tacyane Machado

Fonte: Extra Parnaíba

Encontre ideias de startups similares a sua pelo mundo


Antes de começar a criar uma startup você precisa ter referências e certeza de que existe uma oportunidade de negócio viável.

Descobrir startups similares a sua é fundamental para trabalhar menos, gastar menos e pensar menos.

Exemplo: Existem 24 startups pelo mundo que oferecem a mesma coisa que a sua quer oferecer aqui no Brasil? Não é necessário você inventar a roda, ela já existe!
Siga o modelo que já foi pensado, investido, construído e está dando certo.
Se for necessário faça ajustes no modelo de monetização ou de entrega de valor para o cliente.

Não há necessidade de construir tudo do zero como se não existisse as respostas. Isso é perca de tempo e dinheiro!
Muitos empreendedores ficam semanas pensando, escrevendo um modelo de negócio que já existe.

Descubra as respostas abaixo
O seu produto ou serviço já está sendo vendido na internet?
Como eles estão sendo aceitos?
Qual a proposta de valor que eles entregam?
Qual o modelo de monetização?
O que as pessoas estão falando deles? ( procure notícias e leia os comentários ).

Não se convença quando não encontrar nada nas pesquisas. Isso só quer dizer que você não procurou direito. ( falta de interesse ou preguiça mesmo )
Nascem milhares de startups todos os dias em todo o mundo e a sua ideia não é única, ela já existe e pode estar sendo feita no interior da Ucrânia ou na casa do seu vizinho.

Para encontrar startups mundo a fora busque no google em outras línguas.
Vá no translate.google.com.br traduza as palavras que deseja em catalão, chinês, bielo-russo ou qualquer outra língua, copie e cole no google usando o navegador Google Chrome, ele já terá a opção de traduzir a página.

Fiz uma pequena lista de alguns sites que uso frequentemente.
Agora você tem uma pequena lista de milhares de startups do Brasil e mundo a fora.
” E da Ucrânia ”

Sabem onde encontrei? no Google!!!

www.startupbase.com.br
www.startups-list.com
www.startupxplore.com
www.mappedinisrael.com
www.500.co
www.betalist.com
www.startupli.st
www.startupranking.com
www.geekwire.com
www.angel.co

Fonte: Diário Digital

Empresários do Polo de Desenvolvimento Tecnológico lançaram projeto social Delta de Bem. O projeto foi apresentado aos parnaibanos nesta quarta-feira


Empresários do Polo de Desenvolvimento Tecnológico lançam projeto social Delta de Bem. O projeto foi apresentado aos parnaibanos nesta quarta-feira (03).

delta_do_bem 5

O projeto “Delta de Bem” foi implantado para otimizar a gestão social das empresas do Polo de Desenvolvimento Tecnológico Delta TIC´s, no Complexo do Dunnas Shopping. O lançamento oficial aconteceu na noite da última quarta-feira (03), com a participação de crianças e adolescentes agraciadas por atividades do projeto.

Os idealizadores do “Delta de Bem” Flammarion Cysneiros Júnio e Paulo César Coutinho apresentaram o projeto para a comunidade e para o prefeito de Parnaíba Florentino Neto. Segundo Flammarion, as empresas que compõem o Polo de Desenvolvimento Tecnológico farão a cada mês atividades para alunos das escolas públicas.

Na estreia do projeto social, meninos e meninas entre 04 e 16 anos de idade da comunidade do Barro Vermelho serão treinados de forma lúdica para serem futuros programadores. Dentro das atividades, eles puderam ser expectadores de um campeonato de robótica, realizado pela Faculdade Maurício de Nassau. Já na sede do “Delta de Bem”, puderam participar de outras atividades lúdicas voltadas à tecnologia da informação e a dinâmica de equipes.

O prefeito Florentino Neto parabenizou as empresas pela preocupação social, uma vez que o Polo Tecnológico foi criado, através de uma parceria com a Prefeitura de Parnaíba, para dar oportunidade às empresas de tecnologia da informação criar soluções inteligentes que ajudem no desenvolvimento de Parnaíba.

O prefeito elogiou ainda a inovação do projeto que é aberto às ideias e não é um sistema fechado de execução de ações, comum aos projetos atuais e, portanto, flexível e de resultado. “As dificuldades têm limite, mas a criatividade e a capacidade das pessoas não têm limite”, afirmou o prefeito.

delta_do_bemdelta_do_bem 3delta_do_bem 2delta_do_bem 1delta_do_bem 4

Projeto social ‘Delta de Bem’ é inaugurado no Dunnas Shopping


Em Parnaíba, o projeto “Delta de Bem” foi implantado para otimizar a gestão social das empresas do Polo de Desenvolvimento Tecnológico Delta TIC´s, no Complexo do Dunnas Shopping.

O lançamento oficial aconteceu na noite desta quarta-feira (03), com a participação de crianças e adolescentes agraciadas por atividades do projeto.

Os idealizadores do “Delta de Bem” Flammarion Cysneiros Junior e Paulo César Coutinho apresentaram o projeto para a comunidade e para o prefeito de Parnaíba Florentino Neto.

Segundo Flammarion, as empresas que compõem o Polo de Desenvolvimento Tecnológico farão a cada mês atividades para alunos das escolas públicas.Na estreia do projeto social, meninos e meninas entre 04 e 16 anos de idade estão sendo treinados de forma lúdica para serem futuros programadores.

Dentro das atividades, eles puderam ser expectadores de um campeonato de robótica, realizado pelaFaculdade Maurício de Nassau. Já na sede do “Delta de Bem”, puderam participar de outras atividades lúdicas voltadas à tecnologia da informação e a dinâmica de equipes.

O prefeito Florentino Neto parabenizou as empresas pela preocupação social, uma vez que o Polo Tecnológico foi criado, pela Prefeitura de Parnaíba, para dar oportunidade as empresas de tecnologia da informação a criarem soluções inteligentes que ajudem no desenvolvimento de Parnaíba. Ele elogiou ainda a inovação do projeto que é aberto às ideias e não é um sistema fechado de execução de ações, comum aos projetos atuais. Portanto, flexível e de resultado. “As dificuldades têm limite, mas a criatividade e a capacidade das pessoas não têm limite”, afirmou o prefeito.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

#DeltadeBem #DeltaTICs #SementesdeBem