Paciência com web lenta esgota e monges adotam banda larga

Imagem divulgada no site do monastério mostra religiosos que moram no local.

Imagem divulgada no site do monastério mostra religiosos que moram no local.

Mosteiro, que agora tem internet rápida, fica na ilha britânica de Caldey.
Monges poderão usar a web para vender perfumes e doces.

Monges que moram na ilha remota de Caldey, sudoeste do País de Gales, adotaram o uso da banda larga depois de passarem por um teste de paciência com a internet discada. Isso é o que afirma o jornal britânico “Telegraph”, que publicou uma reportagem sobre a adoção dessa tecnologia de acesso rápido no local.

O irmão Daniel, responsável pelo mosteiro onde vivem 15 monges, disse ao jornal: “paciência é uma de nossas características, mas mesmo a paciência de nossos irmãos estava sendo testada com o serviço lento de internet discada”.

“Agora que temos uma ferramenta de comunicação ágil e moderna, temos muitos planos de desenvolver nossas atividades comerciais”, continuou. Os monges conseguem agora acessar seu próprio site sem enfrentar problemas, diz o “Telegraph”, e poderão usar a página para vender perfumes e doces.

Monges vivem na ilha de Caldey desde o século 6 e, desde 1929, ocupam esse mesmo monastério.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s