Sebrae e IEL firmam parceira para capacitar fornecedores

IEL SEBRAE

Teve início nesta quarta (27), em Brasília, o ‘I Encontro dos Gestores do Programa Sebrae/IEL de Desenvolvimento de Fornecedores’.

Grandes empresas precisam de fornecedores qualificados, ágeis e tão competitivos quanto elas. Excelentes oportunidades de negócios e de evolução empresarial existem em torno desse segmento para centenas de micro e pequenas empresas de diversos setores produtivos em praticamente todas as regiões do País.

Pensando nisso, Sebrae e Instituto Euvaldo Lodi (IEL) firmaram convênio para desenvolver o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores, que abrangerá todas as unidades da Federação. Para capacitar técnicos das duas instituições, teve início na manhã desta quarta-feira (27), em Brasília, o ‘I Encontro dos Gestores do Programa Sebrae/IEL de Desenvolvimento de Fornecedores’. Os cerca de 60 técnicos das duas instituições ficarão reunidos, até a sexta-feira (29), com o objetivo de estruturar as ações, conceitos, metodologias e critérios de acompanhamento da implementação dos projetos e resultados, que serão implantados nas unidades da Federação a partir dos próximos meses.

“Essa é a maior parceria estabelecida entre IEL e Sebrae em termos nacionais, até o momento”, disse o diretor-técnico do Sebrae, Luiz Carlos Barboza, na abertura do encontro. O Programa Sebrae/IEL de Desenvolvimento de Fornecedores conta com a simpatia da diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e das federações estaduais da indústria. “Porque o empresário terá voz ativa na governança local dos projetos a serem desenvolvidos nas unidades da Federação”, afirmou o superintendente do IEL, Carlos Cavalcante.

“Já temos experiências positivas de ações conjuntas do Sebrae e IEL, voltadas ao fortalecimento das pequenas empresas, que geraram oportunidades de negócios por meio das metodologias de trabalho das duas instituições”, acrescentou Cavalcante. Ele citou como exemplo o Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi). Trata-se de projeto realizado anteriormente pela parceria entre Sebrae, IEL e Confederação Nacional da Indústria (CNI), com o mesmo objetivo de inserir pequenas empresas nas cadeias produtivas ancoradas por grandes empresas.

“Já experimentamos vários modelos de atuação como os Arranjos Produtivos Locais, programas setoriais e atendimentos individuais”, destacou Cavalcante. “No caso deste programa, temos uma abordagem muito interessante, pois é focada na geração de negócios entre as empresas”, observou o superintendente do IEL. As ações das duas instituições deverão atingir os setores de varejo e serviços, entre outros, além do setor industrial, segundo ele.

“Estamos dando início a uma parceria absolutamente fundamental, tanto para o IEL, quanto para o Sebrae. Temos algumas iniciativas nesse caminho, mas resolvemos, desde o ano passado, criar algo que pudesse atingir todo o País para conseguir maior apoio para os pequenos negócios”, explicou Luiz Carlos Barboza.

“Essa parceria é importante nesse momento de efeitos heterogêneos da crise. As pequenas empresas devem estar muito preparadas e competitivas nos momentos de crise, pois surgem oportunidades interessantes, que podem funcionar como alavanca de ascensão e desenvolvimento”, ressaltou o diretor do Sebrae.

“Os projetos desse programa vão acontecer principalmente nas cadeias de suprimentos”, esclareceu Rogério Alegretti, consultor especializado no tema desenvolvimento de fornecedores e palestrante convidado do evento. “Muitos compradores provocam a busca por qualidade nos seus fornecedores”, acrescentou.

Estudos demonstram que a economia de 5% nas compras pode gerar impacto de até 40% na lucratividade das grandes empresas. Por esse motivo, as que são modernas estão atentas e sabem que é melhor investir em comprar melhor do que concentrar esforços apenas em vendas, argumentou Alegretti. Ainda de acordo com ele, nos últimos anos, política de compras passou a ser estratégia prioritária para esse segmento.

A programação do ‘I Encontro dos Gestores do Programa Sebrae/IEL Desenvolvimento de Fornecedores’ é extensa e ocupará o período da manhã durante três dias. Consultores especializados em diversas áreas do conhecimento vão ser palestrantes no evento. Experiências de projetos de encadeamento produtivo e de desenvolvimento de fornecedores em andamento no País também serão apresentadas. Exigências técnicas, qualificação, certificações, normas, entre outros aspectos, que fazem parte das políticas de compras das grandes empresas integram a pauta do encontro.

Anúncios

3 comentários sobre “Sebrae e IEL firmam parceira para capacitar fornecedores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s