Pernambuco vai sediar mundial de 2014


Pernambuco 2014

Pernambuco marcou um gol de placa e será uma das subsedes da Copa do Mundo de futebol em 2014. O anúncio foi feito pelo presidente da FIFA, Joseph Blatter domingo, direto das Bahamas.

Além de São Lourenço da Mata, que vai abrigar o projeto pernambucano da Cidade da Copa, outras 11 cidades brasileiras receberão os jogos da maior competição esportiva do planeta.

Para assistir ao anúncio das 12 cidades brasileiras escolhidas, o governador Eduardo Campos reuniu políticos e personalidades ligadas ao futebol pernambucano no Palácio do Campo das Princesas. Eduardo sentou-se à mesa ao lado da primeira-dama Renata Campos, do presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Carlos Alberto Oliveira e dos prefeitos João da Costa (Recife) e Ettore Labanca (São Lourenço), onde assistiu à transmissão ao vivo pela TV e ao ouvir a confirmação do Estado, comemorou muito a notícia: “É mais um projeto estruturante na construção de um novo Pernambuco. A realização da Copa vai ajudar muito no desenvolvimento do Estado. Vai gerar muitas oportunidades de trabalho e divulgar o nosso Estado no mundo inteiro”, disse Eduardo, que agradeceu a toda a equipe empenhada no projeto desde 2007.

Em entrevista coletiva, Eduardo destacou alguns fatores que somaram pontos para o Estado na disputa. Ele revelou que o fato do projeto ser tocado em regime de PPP (parceria público-privada) foi um fator predominante na escolha. “No nosso projeto, entramos só com o terreno e a iniciativa privada constrói. É um projeto que não tem a dependência do orçamento do Estado ou da União. Ou seja, fica muito mais seguro para a FIFA que hoje sofre com problemas deste gênero (falta de recursos públicos) na África do Sul”.

Eduardo salientou ainda as expectativas de expansão do turismo em Pernambuco. De acordo com ele, o Estado deverá ganhar cinco mil novos leitos hoteleiros e um crescimento pós-Copa da atividade que pode chegar a 20%. “Quem vier assistir a um jogo da Copa também vai querer vir ao Recife visitar nossos museus, ir às nossas praias nos litorais Norte e Sul, conhecer Caruaru, as belezas do Rio São Francisco, ou seja, é uma oportunidade para o Estado como um todo”, comentou.

O Governador anunciou ainda as primeiras providências tomadas pelo Governo do Estado e assinou o projeto de lei que assegura benefícios fiscais às empresas que investirem em projetos relacionados à Copa do Mundo de 2014, em cumprimento às exigências da FIFA. As Prefeituras do Recife e São Lourenço da Mata também vão encaminhar projetos de incentivos fiscais às respectivas Câmaras de Vereadores.

Caberá ao Governo do Estado ainda a duplicação da BR-408, que já está incluída no PAC, a construção da estação de metrô Cosme e Damião e a ampliação em 600 metros de linha férrea, que vai interligar as estações do Timbi e do TIP, além da implantação do terceiro hospital da RMR, Pelópidas da Silveira, que será entregue em dezembro de 2010. O novo bairro também será cortado por um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) ou VLP (Veículo Leve sobre Pneus) que ligará os cerca de 36 mil moradores à estação de metrô.

Convênio entre Petrobras e Sebrae estimula projetos


PETROBRAS-GNL

O principal objetivo é fortalecer a competitividade no setor e trazer impactos positivos aos demais setores da economia, gerando postos de trabalho.

A Petrobras e o Sebrae-RN assinaram ontem convênio da Cadeia Produtiva do Petróleo, Gás e Energia no valor de R$ 1,3 milhão. A parceria atinge empresas de micro e pequeno porte do Rio Grande do Norte que estejam inseridas no setor energético.

A ação vai estimular projetos de capacitação de fornecedores, a remoção de obstáculos e o aproveitamento de oportunidades para a inserção competitiva e sustentável de empresas regionais.

O principal objetivo é fortalecer a competitividade no setor e trazer impactos positivos aos demais setores da economia, gerando postos de trabalho.

As empresas da cadeia produtiva serão beneficiadas, principalmente, com diagnóstico de oportunidades de bens e serviços; consultoria para adequação e melhoria de processos e capacitação em desenvolvimento tecnológico.

A Petrobras no RN emprega mais de 12 mil pessoas. Somente no ano passado, a empresa contratou mais de R$ 470 milhões na aquisição de bens e serviços a empresas do Estado.

As empresas interessadas em participar do projeto Cadeia Produtiva do Petróleo e Gás do RN devem procurar o escritório Sebrae ou ligar para o 0800 570 0800, segundo o superintendente Zeca Melo.

A ação está inserida no Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) voltada a participação da indústria nacional de bens e serviços, na implantação de projetos de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior. O Prominp conta com a coordenação geral do Ministério de Minas e Energia e com a coordenação executiva da Petrobras.

O RN é o estado da federação líder em projetos de energia eólica, já superando os 1.200 MW em projetos inscritos para o leilão que acontecerá em 25 de novembro.

Ontem, o secretário de Energia e Assuntos Internacionais, Jean-Paul Prates, disse que serão selecionados os projetos que cobrem as tarifas mais baixas. Já são mais 30 projetos de parques eólicos oficialmente confirmados para o certame. O investimento será de R$ 5,4 bilhões caso toda essa capacidade seja acolhida no leilão de novembro.

Jean-Paul Prates disse que a prioridade agora é que o Governo Federal estabeleça um calendário anual de leitos para que empresas privadas possam programar seus investimentos.

Inovação: Construtora vende por R$ 500 mil 1º apartamento pelo Twitter


construtora Tecnisa Twitter

A construtora Tecnisa informou que concluiu a venda do primeiro apartamento utilizando o Twitter. O comprador, um gerente de TI que prefere não se identificar, segue a empresa no site desde janeiro deste ano e se interessou por uma promoção da companhia voltada para usuários de redes sociais.

De acordo com a Tecnisa, ao clicar num link promocional, que havia sido enviado aos mais de 500 seguidores da Tecnisa, o cliente tomou conhecimento da promoção que também oferece R$2 mil em vale-compras, além de armários e cozinhas planejados, somente para as compras geradas por meio desta forma de contato.

A oferta levou o consumidor a efetivar a compra de uma unidade de três suítes no empreendimento Verana, localizado no Alto da Lapa, em São Paulo, ao custo de R$ 500 mil.

“Provavelmente este é o produto mais caro vendido pelo Twitter no mundo. E, com certeza, é a primeira venda concretizada por uma empresa do segmento da construção civil, utilizando redes sociais”, comemorou o diretor de marketing da Tecnisa, Romeo Busarello.

A Tecnisa usa o Twitter (www.twitter.com/tecnisa) para divulgar lançamentos, promoções e manter contato com seus seguidores interessados em novidades do mercado imobiliário. O Twitter faz parte da estratégia on-line da Tecnisa e é complementar ao site, blog, Facebook, Orkut, Youtube, Slideshare, links patrocinados do Google, entre outros canais.

Wave quer agregar dados na web


Google Wave

Google Wave será uma espécie de aplicação integrada de comunicação, usando as possibilidades surgidas a partir da Web 2.0.

Mais uma ideia da Google para mudar o modo como as pessoas usam a internet. Na última sexta-feira, a empresa anunciou o Google Wave, serviço que mistura e-mail, mensageiro instantâneo e rede social. Na verdade, ele irá funcionar como um agregador de comunicação na web e, de acordo com a própria Google, “será como o que o e-mail seria se tivesse sido inventado hoje”.

O Google Wave será uma espécie de aplicação integrada de comunicação, usando as possibilidades surgidas a partir da Web 2.0. Dá pra incluir no mesmo pacote e-mail, mensageiro instantâneo, blog, ferramenta wiki, rede social e recursos de chat, compartilhamento de arquivos e fotos, além de uma inovadora ferramenta de colaboração.

E o Google ainda vai mais longe. O Waves não será apenas um site, mas uma tecnologia nova e aberta para rodar em qualquer servidor. Além disso, desenvolvedores poderão criar novas ferramentas integradas ao Wave, como extensões tipo as existentes no Firefox ou mashups, e disponibilizá-las através da internet. Empresas poderão, ainda, modificar o aplicativo de acordo com suas necessidades e rodá-lo em seu próprio servidor.

O que é

O termo wave representa conversação e documento em partes iguais. As pessoas podem se comunicar e trabalhar no mesmo ambiente, com texto formatado, imagens, vídeos, mapas e outras funcionalidades. Uma wave é compartilhada. Qualquer participante pode responder em qualquer ponto da mensagem, editar o seu conteúdo e adicionar participantes em qualquer ponto do processo. A função Playback permite que qualquer um retroceda a wave passo a passo desde o início, para ver quem disse o quê e quando.

Com a transmissão instantânea à medida que você digita, os participantes de uma wave podem ter conversações mais rápidas, ver edições e interagir com extensões em tempo real. As funcionalidades anunciadas traduzem o motivo do ânimo do Google, que está realmente apostando no novo produto como uma revolução para a internet. Por enquanto, resta esperar pra ver se isso se concretizará, mas, em se tratando de Google, as chances são altas.

Por enquanto, a nova ferramente está ainda restrita aos desenvolvedores, mas o Google informou que em breve lançará uma versão para teste do serviço pelos usuários.

Serviço

http://wave.google.com

Inovação: Rede social voltada ao lazer é lançada em Belo Horizonte


VidaMóvelBelo Horizonte (MG) acaba de ganhar uma nova rede social. O VidaMóvel é um site de lazer e entretenimento que permite que os usuários se relacionem com os amigos e adicionem seus lugares favoritos (bares, restaurantes, festas etc.), criem comunidades sobre esses locais, bem como deixem aberta aos amigos uma agenda dos eventos aos quais pretendem ir, como shows, festivais, peças ou exposições.

No VidaMóvel o usuário também pode avaliar os locais que visitar, fazer comentários e criar fóruns de discussão. Como o site já tem versões adaptadas para celulares, o usuário tem a possibilidade de enviar fotos e mensagens de dentro de um estabelecimento, em tempo real, dizendo como está o movimento naquele momento ou mesmo avisando aos amigos que  já chegou ao bar, por exemplo.

A Task, empresa de serviços de telecomunicação e tecnologia que desenvolveu o VidaMóvel, afirma que pretende expandir o alcance da rede para os maiores centros de lazer e entretenimento do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Porto Alegre.

O modelo de negócio da rede social é oferecer aos estabelecimentos um canal de comunicação com os clientes, onde eles possam colocar dados como localização, mapa, horário de funcionamento ou ainda criar campanhas de marketing.

No ano passado, outra rede social voltada ao lazer foi lançada em Belo Horizonte. A Toaí, porém, é voltada aos usuários de celulares e os ajuda a marcar encontros pessoais via SMS.

Tempo gasto em redes sociais nos EUA quase dobra em um ano


redes-sociais

O tempo gasto por usuários em sites de rede social nos Estados Unidos quase dobrou em um ano. Segundo a consultoria Nielsen Online, que mede o tráfego na web, o número de minutos gastos por internautas em redes sociais subiu 83% em abril deste ano em relação ao mesmo mês em 2008.

O porta-voz da Nielsen, Jon Gibs, disse à Reuters que a principal tendência tem sido a contínua popularidade do Facebook, que tem mais de 200 milhões de usuários ativos e tem sido usada como canal de comunicação até mesmo pelo Papa Bento XVI e uma lista de  outros líderes mundiais.

O número de minutos gastos no Facebook cresceu 700% em um ano, saltando de 1,7 bilhão de minutos, em abril de 2008, para 13,9 bilhões em abril de 2009.

O MySpace é a segunda rede social mais popular do mundo e a quantidade de minutos gasta no site caiu 31% – de 7,3 bilhões de minutos em 2008 para 4,97  bilhões de minutos neste ano.

Blogger, Tagged.com e Twitter.com vêm em terceiro, quarto e quinto lugares, respectivamente. O número de minutos gastos no Twitter cresceu 3.712% de abril de 2008 a abril deste ano.

A retenção de usuários no serviço de microblog, porém, é baixa, conforme pesquisa da Nielsen, que revelou mais de 60% dos usuários que se cadastraram no Twitter abandonaram o site um mês depois.

Empreendedor Individual é oportunidade para bancos


Empreendedor Individual EI

Criação dessa nova figura jurídica possibilitará migração nas carteiras de clientes.

A formalização em massa que deve acontecer a partir de 1º de julho deste ano por conta da criação do Empreendedor Individual trará à economia do País uma série de benefícios, pagamento de um imposto, contribuição à previdência, entre outros. O próprio sistema financeiro deverá ser beneficiado.

Segundo o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Carlos Alberto do Santos, a criação dessa nova figura jurídica possibilitará aos bancos migrar algumas carteiras de clientes de pessoa física para jurídica. “Caberá aos bancos identificar esses clientes e oferecer produtos mais adequados ao perfil deles”.

O fato de não ser formal faz com que esse cliente não tenha acesso às linhas de financiamento de capital de giro, por exemplo, explica o diretor. “Esses empresários acabam contraindo empréstimos muito caros, como em cartões de crédito, cheques especiais ou linhas de crédito direto ao consumidor”.

A expectativa é de que até o fim do ano que vem 1,1 milhão de informais ingressem no Empreendedor Individual. “Esse potencial filão de clientes irá abrir conta de pessoa jurídica e uma estratégia para captar os novos correntistas deve ser estudada com atenção pelos bancos”, diz o economista do Sebrae.

“O aumento da concorrência dos bancos públicos, pressionados pelo governo a expandir a oferta de crédito, e a demanda fraca por novos financiamentos têm forçado instituições privadas a rever suas estratégias de atuação, investindo mais em marketing, reduzindo taxas e aumentando prazos, especialmente no financiamento de veículos”.

Para Carlos Alberto dos Santos, a concorrência entre bancos públicos e privados é extremamente benéfica para as pequenas empresas. “Com menos procura das grandes empresas e do consumidor, os bancos começarão a pensar em produtos mais adequados aos pequenos negócios”.

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800