Pagamento de compras via celular e TV digital

56005358CSJ001_Mobiles

As instituições financeiras, em parceria com empresas de telefonia, já colocam no mercado a possibilidade de pagamento de compras via celular.

O dinheiro será mercadoria cada vez mais rara na carteira do capixaba e do brasileiro. Prova disso são as inovações que chegam ao mercado e prometem por fim às notas de papel, aos talões de cheque e até mesmo aos cartões de crédito.

As instituições financeiras, em parceria com empresas de telefonia, já colocam no mercado a possibilidade de pagamento de compras via celular. Na área de segurança, equipamentos que utilizam o desenho das veias da palma da mão como senha para transações e a possibilidade de acompanhar, pelo celular ou smartphone, o limite de crédito de um cartão e acompanhar os gastos em aberto.

Ontem, a Vivo e a Itaucard fecharam um acordo que prevê pagamentos por meio do celular. Em etapa piloto, o projeto está disponível em São Paulo e no Rio de Janeiro. Não há previsão de quando o produto chegará aos capixabas. Para os clientes, pré ou pós-pagos, não haverá custo extra.

O serviço vai funcionar assim: toda vez que o cliente chegar a um estabelecimento credenciado, vai informar apenas o número de seu celular ao caixa. O sistema enviará automaticamente o valor da operação e uma senha gerada especificamente para aquela transação.

Basta digitá-la no terminal da loja, e o débito será lançado na fatura do cartão Vivo/Itaucard. O sistema é criptografado, uma garantia de que a mensagem não será interceptada. Como a senha é válida apenas para uma transação, não poderá ser usada novamente. Há riscos em caso de roubo do aparelho. Mas basta pedir à operadora a inutilização da função para o aparelho.

A novidade no processo é um aplicativo para celulares com tecnologia 3G. Existem algumas limitações. Apenas aparelhos Nokia e Motorola estão preparados para receber o programa, que precisa ser instalado pela página da Itaucard na internet.

No Estado, a Oi já opera com o serviço, com o chamado Oi Paggo. Pelo sistema, basta ao usuário dar o número do celular para ao lojista e autorizar a transação, que é feita por meio de torpedos (SMS) gratuitos. A empresa garante que o sistema é à prova de fraude e de clonagem e é 100% seguro.

O músico Johnys Von Rondow costuma pagar as compras em dinheiro, mas não se incomodaria de utilizar o celular nas transações. “Mas as empresas teriam que me dar garantias de que o sistema é seguro. Hoje é comum problemas com cartões de crédito”, ressalta.

Mas a transição do dinheiro físico para o digital deve demorar um pouco. Para o presidente da Associação dos Representantes dos Bancos do Espírito Santo, Jorge Eloy, os cartões de crédito e débito convencionais e os talões de cheque ainda deverão permanecer por algum tempo nas carteiras dos brasileiros.

Outras novidades no mercado

BanestesHandbank

O Banestes já detém a tecnologia do handbank. O cliente poderá realizar transações bancárias em casa, diante da TV. Esse sistema de transações financeiras é feito por meio do controle remoto da TV Digital e permite que o cliente verifique seu saldo e extratos bancários e faça pagamentos.

BB Pagamento na TV digital

Recursos vão permitir que o cliente pague conta, faça empréstimos, veja extratos e realize outras operações por meio do aparelho de televisão.

Visa Pagamento por contato do cartão

A Visa e o Bradesco lançaram um piloto com a tecnologia contactless (pagamento sem contato), chamado Visa payWave. Esse projeto com cartões Bradesco Visa payWave permitirá efetuar pagamentos em todas as lojas da rede Starbucks do país. Para realizar os pagamentos, o cliente aproxima o cartão da leitora junto ao POS para validar a transação, sem a necessidade de inserir o cartão ou digitar senha. O valor máximo para cada transação é de R$ 100,00. O cartão possui um único chip com duas possibilidades de comunicação com o terminal: inserção do cartão no terminal (com contato) e aproximação ao terminal, efetuando o pagamento.

Visanet Saque no cartão de débito

A VisaNet acaba de concluir a fase piloto do Visa Electron Troco Fácil, um serviço que permite pequenos saques nos pontos de venda credenciados por meio dos cartões de débito da bandeira. O usuário do cartão pode sacar até R$ 100,00 por transação nas compras a partir de R$ 20,00, sem qualquer custo adicional, nem para ele nem para o prestador do serviço. Ou seja, é possível pagar pelo produto e ainda sacar dinheiro da conta. Em fase de expansão, a rede credenciada já soma cerca de 1.600 estabelecimentos comerciais espalhadas pelo Brasil. O foco são segmentos que trabalham com dinheiro em caixa, como supermercados, farmácias e táxis.

Oi Pagamento pelo celular

Já está disponível no Espírito Santo. Para utilizar o Oi Paggo, basta ao usuário dar o número do seu Oi para ao lojista e autorizar a transação, que é feita por meio de Oi Torpedos (SMS) gratuitos, de forma rápida e simples, sem a necessidade do tradicional terminal de cartão de crédito/débito. O serviço é à prova de clonagem e necessita de uma senha pessoal para confirmar cada compra. Tem anuidade grátis e taxa de apenas R$ 2,50 nos meses em que o serviço é utilizado. Para se tornar usuário, o cliente Oi deve se cadastrar nas lojas da operadora ou pela central de atendimento (0800 285 3110). O serviço oferece crédito a clientes pré-pagos e pós-pagos.

Tim Ações, lotérica e Bolsa-Família no celular Parceria com a Caixa, Unibanco, BB, Itaú, Bradesco e Banco Real. Os clientes que tiverem conta nessas instituições financeiras podem realizar, pelo celular, consultas de saldos e extratos dos últimos dias e lançamentos futuros. Também é possível conferir os resultados de loterias, saldo de FGTS e acessar os calendários de pagamento do Bolsa Família e INSS. Já os correntistas do Unibanco têm a opção de consultar detalhes de fundos de investimentos, poupança ou aplicação CDB.

Análise

Será que é 100% seguro?

Gilberto Sudré – Consultor em informática

Os pagamentos feitos por meio do celular são tão seguros quanto as transações feitas na internet. O problema não é o sistema utilizado pelas empresas, mas o fato de que, muitas vezes, há vulnerabilidade na máquina de quem compra, no caso de computadores. Tanto que são raros os ataques de hackers a sites de bancos. É mais comum o atacante ir na ponta, introduzindo vírus na máquina do usuário por meio de e-mails. No caso dos pagamentos por meio do celular, há uma pequena diferença, que hoje o torna mais seguro. Essa prática ainda não é muito difundida, não há muitos usuários utilizando esse serviço. São raros os vírus voltados para celulares. A questão é se essa segurança vai continuar a mesma ou ficará mais vulnerável com o passar do tempo. À medida que esse tipo de pagamento tornar-se mais popular, a insegurança nas transações pode aumentar. Em pagamentos via tecnologia de informação, não há como garantir 100% de segurança. E esse conceito se aplica a todos os meios. Em um restaurante, é impossível saber se a máquina utilizada pelo garçom para ler o cartão de crédito é 100% segura. Por outro lado, bancos estão buscando soluções de segurança cada vez mais fortes. Hoje é possível observar que há uma série de navegadores que mostram uma tarja verde quando o site do banco é verdadeiro. Isso por conta de e-mails que remetiam a páginas falsas e colocavam em risco a segurança da conta do cliente. É importante levar em consideração que as novas ferramentas oferecidas são seguras, mas há a máquina utilizada pelo usuário, seja ela um computador ou um celular.

Opinião da Cysneiros Consultores:

Flammarion Cysneiros - CEO - ICOMUNI ConsultoriaPara Flammarion Cysneiros, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento de Projetos da ICOMUNI Consultoria, as tendências e inovação no setor de TI têm impulsionado as empresas de tecnologia que tem a inovação como foco nos seus produtos e soluções.

A ICOMUNI Consultoria em Tecnologia da Informação e Inovação atua em projetos de novos modelos de negócio Mobile com integração entre sistemas E-business, E-Commerce e TV Digital.

Contato:

SkypeMe™!

Mais informações sobre Tecnologia da Informação e inovação:
  1. INOVAÇÃO
  2. Banda larga via rede elétrica
  3. iPhone fica vulnerável a ataques após desbloqueio por usuário
  4. USB 3.0 chega ao mercado
  5. ‘Computação em nuvem’ impulsiona negócios na área de TI
  6. Empresas aderem ao Brazil-IT
  7. Mercado de tecnologia começará a se recuperar no 4º trimestre
  8. Smartphones: vendas crescerá quase 600% na América Latina até 2014
  9. Teclado comum X tela de toque, a inovação tem nome: “touchscreen”Números, pesquisas e estatísticas do mercado de tecnologia da informação.
  10. Boleto digital: bancos brasileiros investem R$ 77 milhões em projeto
  11. HTML 5 ameaça padrões web como Flash e Silverlight, dizem especialistas
  12. Tecnologia da informação pode acelerar implantação de projetos habitacionais
  13. IBM investirá US$ 100 milhões em pesquisa de tecnologias móveis
  14. Área de risco será foco dos investimentos em TI no setor financeiro
  15. Projetos de Tecnologia E-Gov
Logomarca Cysneiros e Consultores Associados

TopoBlog_ Flammarion

Anúncios

Um comentário sobre “Pagamento de compras via celular e TV digital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s