Google lança plataforma para pequenas agências de publicidade e design


O Google acaba de lançar uma nova plataforma voltada para a capacitação de pequenas agências e agentes do mercado de marketing online. O Engage, que está disponível no link https://google-engage.appspot.com/br/, oferece um programa de treinamentos e ferramentas gratuitas para os profissionais da área aprimorarem seus serviços.

“As pequenas e médias empresas têm necessidade de estar no mundo online e para isso recorrem a uma pessoa que tenha conhecimento. Nós queremos oferecer maior conhecimento para os agentes que atuam com marketing digital para fomentar esse ecossistema”, diz Leonardo Pinto, gerente de marketing do Google. De acordo com ele, o programa está baseado em um tripé que contempla conhecimento e capacitação dos profissionais, incentivos, com a distribuição de bônus para uso de AdWords (o sistema de links patrocinados do Google) e um ranking entre os usuários.

Conforme os participantes realizam as atividades e avançam no programa, são contemplados com recursos virtuais para sua agência. Entre os prêmios está a distribuição gratuita de dez cupons no valor de R$150 cada para utilizar em novas contas do Google AdWords. Um convite para passar o dia no Google Brasil também está na lista de premiação.

Um grupo de webdesigners participou do programa piloto do novo portal de relacionamento do Google que chega para substituir o WebExpert, plataforma que atualmente é responsável por 20% das novas contas de AdWords da companhia, no segmento PME.

Luiz Fernando de Carvalho, 34 anos, da Estilo Design Soluções, acompanhou o desenvolvimento da plataforma. Ele atua com webdesign e desenvolvimento de marketing online. “É uma ótima ferramenta de gerenciamento e facilita o trabalho simultâneo em diversas contas”, afirma. De acordo com ele, que atua há 8 anos no mercado, há um crescimento do interesse das PMEs por anúncios online.

 

Fonte: Revista PEGN

Como fazer seu negócio crescer com a internet


Mais de 80 milhões de brasileiros têm acesso à internet. Você certamente possui ao menos uma conta de e-mail, perfil em rede social e álbum de fotos online ou paga suas contas pela internet. Além de utilizá-la para compartilhar informações, muitos também contam com a internet como plataforma para fazer negócios – e as pequenas e médias empresas não são exceção. Talvez sejam, inclusive, as mais beneficiadas.

Para empreendedores, empresários e profissionais independentes, dar os primeiros passos na internet e potencializar as oportunidades de negócio é mais fácil do que se imagina. O mais importante é ter um plano de ação e começar o quanto antes. Estas são sete dicas para fazer seu negócio crescer com a internet:

1. Antes de começar: pense no público que gostaria de atingir. É um negócio de bairro? Os consumidores estão no Brasil ou também em outros países? Como quer se comunicar? A comunicação deve ser coerente e lógica, desde cartões de visita, a maneira como dirige-se aos clientes, o aspecto das lojas e, certamente, a linguagem visual e conteúdo do site.

2. Estabeleça sua presença na internet: crie uma página na internet. Ao montá-la, apresente as informações de maneira atraente, clara e organizada. Utilize imagens, vídeos, mapas e descrições de produtos; destaque ofertas especiais e promoções para que a experiência dos usuários no seu site seja positiva. Isso ampliará as possibilidades de transformar visitas em vendas. Existem programas que oferecem hospedagem e registro de páginas na web gratuitamente.

3. Coloque-se no mapa: ninguém gosta de se perder, muito menos seus clientes. Integre seus pontos de venda a plataforma de mapas como o Google Maps para que os usuários tenham acesso à página de sua empresa com informações úteis como endereço, horário de atendimento, fotos e promoções. Veja aqui mais dicas para aproveitar buscas locais no seu negócio.

4. Atraia mais clientes: você sabia que 7 em cada 10 usuários consultam a internet regularmente para avaliar suas opções de compra? Abrace a publicidade online para aproveitar essas pesquisas relacionadas ao seu produto ou serviço. Você pode criar uma campanha de Google AdWords e aparecer nos resultados de busca, pagando apenas quando os usuários clicam em um anúncio e visitam sua página. Quando pensar em sua campanha, considere que os seus clientes podem acessar a internet no celular. Por exemplo, se você tem uma loja de doces na Bela Vista, em São Paulo, é provável que muitos vizinhos e moradores procurem por “bolo de festa” enquanto estão na rua ou se deslocando. Basta ativar a opção para que seus anúncios passem a ser exibidos também em aparelhos de celular.

5. Tire proveito das redes sociais: são ferramentas eficientes para atingir um público-alvo segmentado e muito ativo. No Brasil, 90% dos usuários de internet usam redes sociais. Aproveite que o diálogo da internet gira em torno das redes sociais e crie o perfil da sua empresa em plataformas como o Google+, Facebook e Twitter.

6. Aposte no vídeo: dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, e atualmente, ter sua própria estratégia de vídeo online é simples de fazer e tem baixo custo. No YouTube você pode criar seu próprio canal de vídeo para divulgar seu negócio e integrar a sua campanha de publicidade online para aparecer quando os usuários estiverem assistindo aos seus vídeos favoritos.

7. Meça os resultados: é a melhor maneira de testar a sua estratégia para a internet e entender se está no caminho certo ou precisa fazer ajustes. Use ferramentas de medição para saber como os usuários acessam e interagem com seu site. O Google Analytics permite monitorar esses comportamentos e, em seguida, fazer alterações no site para melhorar o desempenho aumentando o número de visitas, contatos e vendas. Na Comunidade do AdWords, os colaboradores trocam experiência e melhores práticas sobre como medir resultados.

Aqui estão algumas dicas para fazer suas primeiras experiências na internet serem bem-sucedidas, porque o mais importante é manter o foco e seguir seus objetivos passo a passo. E esse é apenas o começo. A cada dia que passa, milhares de novos usuários vão para a web, e cada um deles é uma oportunidade para se transformar em um cliente. Imagem

Fonte: Revista PEGN