Imagem

Seminário Salão Parceiro


SEMINARIO SALÃO PARCEIRO banner.jpg

O SEBRAE/PE estará realizando no próximo dia 20/03/2017 o I Seminário Salão Parceiro, o qual irá abordar um tema de extrema importância para o segmento da Embelezamento, inovação e tecnologia.

Gostaríamos de convidá-los, assim como incentivá-los a convidar seu clientes do segmento para se inteirarem da nova legislação, efeitos que trará no ponto de vista, trabalhista, novo modelo de negócio, necessidade de inovação e tecnologia , assim como o modelo de contrato de parceria entre profissional da beleza (barbeiros, manicures, pedicures, maquiadores, esteticistas) e Donos de salões de beleza.

 

Para mais esclarecimentos, favor contatar com 0800.570.0800 ou com Romárcia Lima, (2101-8458/2101-8471 – romarcial@pe.sebrae.com.br).

Palestra sobre redes sociais e e-commerce oferecida pelo Sebrae em Pernambuco


Acontece amanhã, no Sebrae em Pernambuco (sede), dia 15/04, palestra-piloto gratuita sobre Mídias Sociais e E-commerce ministrada por Flammarion Cysneiros, diretor da INCUBATIC Incubadora de Base Tecnológica de Inovação e Conhecimento/Sócio e diretor da Cysneiros e Consultores Associados e diretor da ICOMUNI Comunicação e Mídias Interativas.

O evento será de 08h às 12h com foco nas redes sociais e 13h às 17h com foco em e-commerce, no CEE do Sebrae.

Os interessados devem mandar e-mail para redessociais@pe.sebrae.com.br com nome, telefone, CPF e e-mail para contato.

// <![CDATA[
bb_bid = "1618303";
bb_lang = "pt-BR";
bb_keywords = " ‘names’))); ?>”;
bb_name = “custom”;
bb_limit = “4”;
bb_format = “bbl”;
// ]]>

Desafio Brasil



Empreendedores de todo o País já podem inscrever seus projetos de inovação tecnológica para concorrer a mais de R$100 mil em prêmios, mentoring e participação nas etapas internacionais do Desafio.

Oferecida pela Intel Brasil, dentro dos seus programas de fomento ao empreendedorismo, coordenada pelo GVcepe (centro de private equity e venture capital da Fundação Getulio Vargas) com o apoio da Microsoft, Derraik Advogados e Helice Consulting, a sexta edição da competição oferecerá mais de R$100 mil em prêmios e vinte horas em mentoring com profissionais da indústria local e do Vale do Silício, assessoria jurídica e consultoria em plano de negócios.

Além da premiação nacional, os primeiros colocados do Desafio Brasil terão a oportunidade de representar o País na etapa América Latina do Desafio Intel. Caso o projeto seja um dos vencedores latinoamericanos, a equipe será classificada para concorrer com todas as despesas pagas ao Intel® Global Challenge 2011 at UC Berkeley – competição mundial da Intel entre startups, que acontece em novembro, na Califórnia, EUA, concorrendo a prêmios em dinheiro, exposição em mídias internacionais e acesso a fundos internacionais de venture capital.
Os interessados devem ler o regulamento disposto no site www.desafiobr.com.br e submeter seus projetos até 20 de maio. Estão aptos a participar, empreendedores e startups que não tenham recebido mais de US$500 mil em subsídios governamentais e não disponham de mais de US$300 mil em recursos aportados por investidores.

Siga no twitter.com/desafiobrasil ou #desafiobr

Para a competição de 2011, o número de estados brasileiros que sediarão as etapas regionais foi expandido para dez – Bahia, Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Recife, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Com o apoio dos Centros de Inovação da Microsoft nestas localidades, a expectativa dos organizadores é receber mais de 200 projetos na primeira fase. Todas as empresas que se inscreverem contarão ainda com acesso a software e suporte técnico e de negócios do Microsoft BizSpark, programa mundial de apoio ao empreendedorismo para empresas de base tecnológica.

“O Desafio Brasil é uma competição que oferece a empreendedores, pequenos empresários e estudantes da área de tecnologia a oportunidade de desenvolverem o empreendedorismo estratégico necessário para transformar um projeto de inovação tecnológica em um negócio viável ao mercado. A participação da equipe em todas as fases de mentoring visa prepará-los para a apresentação adequada para um possível investidor e por isso, a participação no Desafio Brasil não se trata apenas de competição, mas de preparação do talento e potencial destes participantes”, explica Rubem Saldanha, gerente de Educação da Intel Brasil.

A etapa nacional da competição é dividida em três fases, nas quais os inscritos apresentam e defendem seus projetos para investidores da indústria de venture capital, professores e empreendedores de sucesso. Os projetos são avaliados de acordo com uma série de fatores, tais como viabilidade do negócio, modelo de receitas, escalabilidade, grau de inovação e aplicação de tecnologia, atratividade para investimentos e, fundamentalmente, viabilidade em tornar-se um negócio global.

“Além do atrativo da premiação em dinheiro, o que os empreendedores mais valorizam nesta experiência é a interação com o mercado de venture capital, a interação com outros empreendedores e a oportunidade de ter acesso às principais empresas da área de tecnologia do Vale do Silício”, afirma Márcio de Oliveira Santos Filho, coordenador do Desafio Brasil 2011.

“A Microsoft apoia a indústria nacional de software e a produção de inovação tecnológica de ponta por meio de programas de apoio a startups, além de realizar investimentos em pesquisa e fomentar a criação nacional de projetos. O Desafio Brasil reforça essa estratégia da companhia ao reconhecer o empreendedorismo brasileiro e contribuir para o desenvolvimento do mercado de pequenas e médias empresas no País”, explica Silvia Valadares, gerente de Desenvolvimento da Economia Local de Software.

“Os pontos mais relevantes da competição são promover o empreendedorismo, colocar empreendedores inovadores do Brasil em contato com experts da área de investimento de empresas do Vale do Silício e também de outros empreendedores de outros países da América Latina” explica Nuno Simões, diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina da Intel. “Os participantes do Desafio Brasil poderão se beneficiar diretamente com a experiência de apresentarem projetos para representantes de fundos de private equity e venture capital. Acreditamos que este tipo de iniciativa é vital para formar os empreendedores do futuro”.

Finalistas do Desafio Brasil 2010

Durante a última edição, 162 projetos de todo o País se inscreveram para participar da competição que cresce a cada ano. Entre os projetos participantes, foi possível verificar a presença de iniciativas em desenvolvimento de softwares inteligentes que visam à otimização de processos e o aproveitamento de ferramentas da internet como as mídias sociais para o uso mercadológico. A tecnologia 3D e estações WiMax, Wi-Fi Mesh e LTE também estavam inseridas nos projetos das empresas concorrentes, da mesma forma que foram apresentados alguns projetos de biotecnologia como sistemas automatizados que extinguem os vetores da dengue e podem ser utilizados para a disseminação de inseticidas agrícolas. Confira os projetos finalistas:

1º lugar: Motofog (RJ): O motofog é uma ferramenta que opera no combate à dengue e na aplicação de inseticidas agrícolas. O sistema foi desenvolvido para ser instalado em uma motocicleta, possibilitando o controle e prevenção de vetores em áreas de difícil acesso onde carros fumacê não têm penetração. Na agricultura, o Motofog apresenta grandes vantagens na aplicação de inseticidas, com a possibilidade de transitar entre plantações com passagens estreitas.

Empresa startup: Fumajet Comércio de Equipamentos Ltda.
Premiação do primeiro colocado: R$5 mil em dinheiro, R$30 mil em assessoria jurídica por um ano oferecida pelo Derraik Advogados, software oferecido pela Microsoft, R$30 mil em consultoria de planejamento estratégico e marketing para startups inovadoras da Helice Consultoria, carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

2º lugar: VPl (SP): O projeto apresentado oferece um serviço em que é utilizada a tecnologia de caracterização da água coletada pelo sistema pluvial e feito um estudo para adequar e destinar o volume armazenado para o uso específico de cada cliente, customizando para atender as particularidades de cada caso.
Empresa startup: VPI – Vorsprung Projetos Industriais.
Premiação do segundo colocado: R$2,5 mil em dinheiro, R$30 mil em assessoria jurídica por um ano oferecida pelo Derraik Advogados, software oferecido pela Microsoft, carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

3º lugar: Taw Itech (SC): A equipe apresentou tecnologias para interação e tem como carro-chefe o desenvolvimento de lousas digitais com diferencial de agregar tecnologia a esta solução proveniente de um software para interface e hardware em caneta.
Empresa startup: Taw Itech
Premiação do terceiro colocado: Software oferecido pela Microsoft e carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

4º lugar: Pligus (RJ): O Pligus é um serviço de comunicação e colaboração online em tempo real que roda em qualquer navegador. Nele, todos podem editar colaborativamente imagens, desenhos, textos e mapas – e ainda compartilhar a tela. Tudo isso enquanto os usuários se comunicam via webcams, microfones e mensagens instantâneas.
Empresa startup: Pligus
Premiação da quarta colocada: Carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

Sobre a campanha Apaixonados pelo Futuro

No Brasil, a campanha “Apaixonados pelo Futuro” reflete a visão da Intel de que tão importante quanto desenvolver a tecnologia em si é preparar o mercado e a sociedade para receber e aproveitar essa tecnologia. Por isso, a Intel está profundamente comprometida com todos os mercados onde opera. Desde sua chegada ao Brasil, há 22 anos, a Intel tem ajudado a preparar o País para o futuro – por meio de seu compromisso de levar ao mercado a liderança tecnológica, a inovação, e da contribuição contínua para a adoção da tecnologia, da melhoria na competitividade do mercado e da indústria local e da realização de fortes investimentos para o desenvolvimento do potencial humano por meio dos programas educacionais.

Fonte: Startupi

XXXI Congresso da Sociedade Brasileira de Computação


O Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (CSBC) é um evento realizado anualmente pela SBC, com a intenção de promover e incentivar a troca de experiências entre as comunidades científica, acadêmica e profissional na área da Computação nacional e internacional. Desde sua primeira edição, o CSBC, através de seus diversos eventos satélites, tem-se mostrado um importante local para a exposição de trabalhos científicos, palestras, cursos e debates, tanto de cunho puramente acadêmico e científico quanto social.

Nas últimas décadas, os impactos da Computação estão levando a uma contínua quebra de paradigmas sociais, econômicos, científicos, educacionais e culturais. A mobilidade, a disseminação e a ubiquidade da informação, assim como os mecanismos de cooperação proporcionados pela Computação, estão revolucionando a vida em sociedade de formas inesperadas e surpreendentes. A SBC definiu, em 2006, os Grandes Desafios Científicos da Computação para a próxima década, que exigirão esforços de pesquisa de longo prazo, por grandes equipes interdisciplinares, na solução de problemas de significativa relevância para o Brasil e para a humanidade.

Em 2011, o tema do XXXI Congresso da Sociedade Brasileira de Computação será Computação para todos: No caminho da evolução social. Durante o período de 19 a 22 de julho, a cidade de Natal, no estado do Rio Grande do Norte, será palco de um fórum privilegiado para a ampla discussão e análise da revolução científica associada aos Grandes Desafios, à luz dos impactos que as suas soluções trarão para a sociedade em todas as suas dimensões. Nesse período, os debates e discussões sobre os avanços na área da Computação vão reunir cientistas, técnicos, profissionais, além de estudantes, com o objetivo de trocar informações e experiências entre as comunidades científicas de todo o país.

O CSBC 2011 está sendo organizado pelo Departamento de Informática e Matemática Aplicada (DIMAp) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e será realizado no Centro de Convenções de Natal, localizado nas proximidades dos principais hotéis e atrativos turísticos da cidade, contando com excelente acesso e infraestrutura para a realização de eventos de grande porte, como o CSBC.

Faça sua inscrição aqui