Como selecionar o grau de impacto de uma inovação utilizando o Método de Mudge


Método de Mudge – conceito

Uma determinada empresa tem uma carteira de possíveis projetos a serem executados. Evidentemente, como os recursos são finitos, deverá ser feita uma escolha dentre os diversos projetos, de acordo com critérios de importância.

A empresa tem uma relação de critérios para a seleção, tais como:

A – Contribuição para a marca

B – Retorno financeiro

C – Menor CAPEX (investimento de capital requerido)

D – Integração com unidades existentes

E – Menor OPEX (despesas operacionais)

F – Menor efetivo (pessoal) requerido para operar a nova planta

Cada um dos projetos será avaliado com relação a todos estes requisitos. No entanto, fica a dúvida: como compará-los? Dentre estes atributos, quais os de maior relevância?

Método de Mudge – aplicação

O método de Mudge consiste em construir uma matriz triangular, como abaixo, e comparar cada elemento da diagonal com o elemento de cada coluna. A letra correspondente ao elemento de maior importância será reproduzida na célula de interseção, acompanhada de um número, que representa:

1 – moderadamente mais importante

3 – medianamente mais importante

5 – muito mais importante

Desta forma, a Matriz abaixo indica que o atributo C é medianamente mais importante que o atributo A, o atributo B é muito mais importante que o atributo E, e o atributo D é um pouco mais importante do que o atributo F.

 

Método de Mudge - critério de preenchimento

Completando toda a Matriz, poderíamos ter algo como segue:

Método de Mudge - matriz preenchida

Agora, iremos fazer a totalização de pontos, somando os valores associados a cada letra da diagonal. Por exemplo, a pontuação do atributo C será correspondente à soma de todos os números associados à letra C da diagonal, na linha e coluna correspondentes, como ilustra a figura:

Método de Mudge - cálculo da pontuação do atributo

Completando toda a Matriz, e fazendo a ponderação de cada total em relação ao total geral, teremos:

Método de Mudge - atributos priorizados

Isto significa que o atributo mais importante para avaliar o projeto é o B, Retorno Financeiro, seguido bem de perto do E, OPEX – Despesas Operacionais, e depois do C, CAPEX, Investimento requerido.

Por Stoner
Fone: Blogtek

A Copa do Mundo em 2014 e os bons negócios


O maior evento do futebol vai movimentar vários setores da economia e gerar oportunidades para pequenas empresas. Os preparativos para o evento devem movimentar cerca de 30 bilhões de reais e gerar quatro milhões de empregos, segundo o SEBRAE.

O programa prevê a construção de estádios, hotéis, restaurantes e apoio logístico para receber milhares de turistas que torcem e vibram com o futebol. Um estudo encomendado pelo SEBRAE mostra os benefícios que o evento traz para a economia brasileira. Quase oito mil micros e pequenas empresas devem fechar algum negócio gerado pela Copa do Mundo. As possibilidades são mais fortes em nove setores: construção civil, tecnologia da informação, turismo, produção, agronegócio, madeira e móveis, têxtil-confecção, comércio varejista e serviços.

Segundo o estudo, as pequenas empresas deverão ficar com 15% do dinheiro investido na Copa. E, segundo informações do novo presidente do SEBRAE, Luiz Barretto,  estão sendo mapeadas as possibilidades de cada setor. Além disso, o SEBRAE vai promover seminários empresariais em cada uma das 12 cidades-sede da Copa: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife e Salvador. O objetivo é melhorar o nível de gestão das pequenas empresas.

Para isso o SEBRAE vai investir 48 milhões de reais. De acordo com Luiz Barretto, presidente do SEBRAE, o importante é inserir as pequenas empresas nesse contexto, com qualidade e competitividade. Só no ano da Copa, o país espera receber oito milhões de visitantes, sendo 600 mil apenas no mês do mundial. O número de brasileiros que deve viajar pelo país durante o evento esportivo deve chegar a três milhões.

Só o setor hoteleiro pretende investir dois bilhões e meio de reais na construção de noventa e dois estabelecimentos. Um programa vai qualificar mil e trezentos hotéis e pousadas para 2014. É neste ramo que o empresário Francisco Castro Júnior deseja entrar. Ele é dono de uma pequena construtora em Brasília. A empresa dele tem 18 anos de mercado e no momento constrói casas populares. O empresário deve aumentar em 50% o faturamento da empresa com a Copa do Mundo. E para resolver o problema das construtoras com a falta de mão-de-obra qualificada, o SEBRAE, o SENAI e as empresas do setor fizeram uma parceria para capacitar e reciclar os funcionários.

O SEBRAE também vai desenvolver ações para que os estrangeiros visitem várias cidades com atrações turísticas, durante a Copa de 2014.

CONTATOS:

SEBRAE

Central de Relacionamento: 0800-570-0800

www.sebrae.com.br

Consultorias:

ICOMUNI CONSULTORIA.

Tel.: (81) 3445.2956

Rua Helena de Lemos, 330, Sala 103, Empresarial Ilha do Retiro

CEP: 50750-630 – Recife – PE

icomuni@icomuni.com.br

====

CYSNEIROS E CONSULTORES ASSOCIADOS LTDA.

Tel.: (81) 3051-1775/ Cel.: (81) 9916-9550

Rua Mauro Borrione, 55, 03

CEP: 50750-000 – Recife – PE

flammarion@cysneiros.com.br

======= Contact  Center =======

PLATAFORM TELECOM CONTACT CENTER

Tel.: (81) 3051-1775

Porto Digital – Recife – PE

comercial@plataform.com.br

======= Incubadora de Empresas =======

INCUBATIC – Incubadora de Base Tecnológica de Inovação e Conhecimento

Tel.: (81) 3051-1775

Porto Digital – Recife – PE

incubatic@icomuni.com.br

======

DRAKAR ENGENHARIA LTDA

Empresário: Francisco Castro Jr.

Tel.: (61) 3361.8099/ Cel.: (61) 9982.1346

SIA Sul Quadra 5 C , número 135 – sala 206

CEP: 71200-055 – Brasília – DF

drakarjr@ig.com.br

Reportagem:

Pequenas Empresas Grandes Negócios

  • Programa 966
  • TV Globo
  • No ar – Inédito – Domingo – Dia 06/03/2011 – 07h30

Reapresentações

Globo News

  • Domingo – 06/03/2011 – 09h05

Canal Futura

  • Segunda-feira – Dia 07/03/2011 – 07h30
  • Terça-feira – Dia 08/03/2011- 04h00

Sebrae já iniciou o mapeamento dos nove setores beneficiados com a competição


Fonte: Portal2014

Construção: um dos setores que podem ser beneficiados com a Copa (crédito: Arquivo)

O Sebrae divulgou hoje (26) os resultados de um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) que prevê a geração de oportunidades de negócios para 7,7 mil micro e pequenas empresas (MPE) com as obras e serviços vinculados à Copa de 2014.

Segundo a FGV, nove setores da economia serão beneficiados com a realização do campeonato de futebol. Construção civil, tecnologia da informação, turismo, produção associada já tiveram, inclusive, um mapeamento de oportunidades finalizado pelo Sebrae.

O mesmo processo será iniciado até abril nos setores de agronegócio, madeira e móveis, têxtil e confecção, comércio varejista e serviços. A expectativa do Sebrae é investir R$ 48 milhões em projetos de consultoria, inovação e acesso a mercados até 2012.

“O crescimento da demanda virá acompanhado de um aumento do nível de exigência e as micro e pequenas empresas terão que melhorar o processo de gestão. Trata-se de um grande desafio, as empresas ficarão mais fortes, gerarão mais empregos e aumentarão seu faturamento”, disse Carlos Alberto dos Santos, diretor técnico do Sebrae.

De acordo com o coordenador do comitê técnico do Programa Nacional para Atuação do Sistema Sebrae na Copa de 2014, Dival Schmidt, o número de micro e pequenas empresas beneficiadas pelo evento pode ser multiplicado. “Temos um conjunto de metodologias usadas para capacitar pequenos negócios e vamos utilizá-las nesse processo”.

Um exemplo do benefício indireto da realização do Mundial no Brasil é a contratação de pequenos negócios para trabalhar na remoção de entulhos durante as obras nos estádios da competição. “Usaremos esse grande evento para mudar e preparar os pequenos negócios para aumentar sua competitividade”, disse Schmidt.

O melhor workshop do ano em Recife


Com realização do CEDEPE:

Opinião da Cysneiros Consultores:

Flammarion Cysneiros - CEO - ICOMUNI ConsultoriaPara Flammarion Cysneiros, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento de Projetos da ICOMUNI Consultoria, este evento com realização do CEDEPE (CBS), trará ganhos para Pernambuco para o melhor aproveitamento das oportunidades de negócios geradas pelo PAN  e Copa 2014.


Quer trabalhar na ICOMUNI?


Que bom! Nós procuramos pessoas como você.

O Programa de Talentos da ICOMUNI tem como objetivo identificar, treinar e desenvolver jovens talentos com potencial e competências diferenciadas para serem futuros lideres de projetos e consultores associados da organização.

O Programa é composto por  fases.

Etapas do Processo Seletivo:

  • Inscrições;
  • Testes de perfil e técnico;
  • Entrevista com RH e gestores;
  • Entrevista com diretor da área de negócio.

Início do Programa:

  • Inscrições estão abertas a partir de 14 de Julho 2010.

Inserir a documentação abaixo em envelope:

  1. Currículo Atualizado Impresso – com foto;
  2. Cópia autenticada de certificado de conclusão do ensino superior, ou de declaração de vínculo (c/ período) da faculdade;
  3. Cópia autenticada de RG com CPF ou CNH;
  4. Cópia autenticada da Declaração de experiência profissional ou Cartas de Referência dos últimos empregos – (se possuir);
  5. Cópias simples de certificados de cursos, palestras, eventos, etc; (se possuir);
  6. 02 fotos 3 x 4 (se possuir);
  7. Comprovante de residência (Luz, Água ou Telefone);

Colocar na capa do envelope o Título: Talento ICOMUNI 2010

Att: RH ICOMUNI Consultoria

Entregar o envelope com a documentação acima no endereço:

Endereço: Rua Helena de Lemos, 330,  Empresarial da Ilha – Ilha do Retiro – Recife – PE.

Ponto de referência: rua de acesso ao Sebrae pelo Sport club do Recife. Lado com a corretora Costa Brava veículos.

Deixar na recepção com o Sr. Eliseu.

Veja a localização da ICOMUNI Consultoria no MAPA – GoogleMapsclique aqui !

Sebrae abre preparativos para a Copa com encontro nacional


A preparação do País para a Copa do Mundo de 2014 é tema de reunião hoje, na sede do Sebrae Nacional em Brasília. O encontro, que começou ontem, reúne diretores, secretários, técnicos e representantes da Instituição, dos ministérios do Turismo, Cidades e Esportes, e das 12 cidades-sede onde vão ocorrer os jogos.

A Copa do Mundo 2014 será um marco na história do Brasil e representará oportunidade ímpar para o desenvolvimento do País, e, em especial para as micro e pequenas empresas. Elas são a grande maioria nos setores de turismo, comércio e serviços, entre outros segmentos, que serão fortemente beneficiados com a realização do megaevento esportivo. Há cerca de dois meses, o Sebrae constituiu os comitês técnico e diretivo para lidar com o tema. A reunião em andamento tem como objetivo aprovar o Programa Nacional do Sistema Sebrae e a Copa do Mundo 2014, elaborado pelo comitê técnico. “Esse documento vai direcionar as ações do Sebrae antes, durante e depois da Copa”, diz Luiz Carlos Barboza, diretor técnico do Sebrae, na abertura da reunião.

A ideia central do programa, que foi apresentado aos participantes do encontro, é apresentar quais serão as prioridades do Sistema Sebrae no processo de preparação dos pequenos negócios para a Copa, segundo o diretor. O Sebrae Nacional viu R$ 36 milhões em seu Plano Plurianual para que sejam aplicados nos projetos voltados à Copa, sendo R$ 12 milhões para 2010, 2011 e 2012, respectivamente, informou Barboza. Os recursos do Sebrae poderão ser ampliados, ao longo da realização dos projetos, assim como os prazos, adiantou o diretor. As unidades estaduais da Instituição ficarão encarregadas de articular parcerias com os governos estaduais, municipais, empresas e terceiro setor.

Segundo o chefe-de-gabinete do ministro de Turismo, Carlos Silva, desde abril passado o órgão está preparando o plano do Governo Federal para a Copa, a ser lançado pelo presidente Lula em dezembro. Estão previstos investimentos da ordem de R$ 155 bilhões pelo Mtur nos preparativos do megaevento esportivo, informou Silva na reunião.

As ações do plano do Mtur estão baseadas em quatro eixos: promoção da imagem do País (dentro e fora do Brasil); hotelaria; infraestrutura dos destinos turísticos priorizados (65 municípios indutores de turismo); e capacitação e qualificação. Nesse último eixo, o Sebrae é parceiro fundamental do Mtur, segundo Silva. As ações de capacitação e qualificação contarão com um total de R$ 440 milhões, a serem aplicados até 2014.

Alguns projetos já estão em andamento, como o programa Olá, Turista, desenvolvido em parceria com a Fundação Roberto Marinho, informou o chefe-de-gabinete do Mtur. “Até 2014, 306 mil trabalhadores envolvidos no atendimento direto ao turista terão sido capacitados”, afirmou Carlos Silva.

Gestão

“O papel do Sebrae é preparar e aperfeiçoar a gestão das micro e pequenas empresas. Os projetos voltados para a Copa devem contemplar essa premissa. A preparação da mão de obra será feita por nossos parceiros, que têm esse papel”, ressaltou o ministro. O Sebrae dispõe de um amplo conjunto de soluções e poderá, a partir da qualificação das empresas, contribuir bastante para a realização da Copa 2014 e, ainda, gerar resultados a serem agregados às Olimpíadas 2016, acrescentou.

Abertura das Inscrições para o Grupo de Estudos do PMI-PE 2009.2


PMI

Vem aí o segundo Grupo de Estudos 2009 do PMI-PE para obtenção da Certificação PMP !

Se você deseja participar do grupo de estudos ou ser um voluntário/facilitador neste grupo as inscrições poderão ser feitas de 29/06 a 13/07.

Na próxima newsletter, será divulgado como fazer a sua inscrição. Fique atento, as vagas são limitadas!

A lista dos participantes inscritos será feita no dia 20/07 e o curso se inicia em 04/08.

As aulas acontecerão no período da noite, às terças-feiras, conforme cronograma abaixo:
Programa
Data
Carga Horária
Reunião de Abertura (Kickoff Meeting)
04/08/2009
3
Caps 1,2 e 3 – Project Management Framework
11/08/2009
3
Cap. 5 – Escopo
18/08/2009
3
Cap. 5 – Escopo / Cap. 6 – Tempo
25/08/2009
3
Cap. 6 – Tempo
01/09/2009
3
Cap. 7 – Custos
08/09/2009
3
Cap. 7 – Custos
15/09/2009
3
Cap. 8 – Qualidade
22/09/2009
3
Cap. 9 – RH
29/09/2009
3
Cap. 10 – Comunicação
06/10/2009
3
Cap. 11 – Riscos
13/10/2009
3
Cap. 12 – Aquisição
20/10/2009
3
Cap. 4 – Integração
27/10/2009
3
Ética e Responsabilidade Profissional
03/11/2009
3
Simulado PMP com 200 Questões
10/11/2009
4
Reunião de Discussão do Simulado
17/11/2009
3
Reunião de Encerramento: Lições Aprendidas
24/11/2009
1

Somente pode participar deste Grupo de Estudos membros do PMI-PE. Este é um benefício que o PMI-PE oferece a seus membros.

Para mais informações, acesse: http://www.pmipe.org.br/v2/html/exibirNoticia.php?id=223

A VIII Oficina de Projetos do Recife acontece na terça-feira (30/06) e é um oportuidade para você conversar com o PMI Chapter Pernambuco e com a Microsoft sobre Project !

Na ocasião, o especialista em MSProject 2007, Thiago Soares, nos colocará a par dos avanços do MSProject através de video conferência com a Microsoft Sao Paulo.

Interessados devem enviar email com NOME, TELEFONE, EMAIL , EMPRESA para o endereço: oficina@pmipe.org.br

Evento:

  • Dia 30 de junho (terça-feira)
  • Hora: 19:00 as 21:00
  • Local: Sede da Microsoft – Recife – PE. Antiga sede do Bandepe – 12. andar – Recife Antigo – PE
Veja também
Mais informações sobre o PMI e Gerenciamento de Projetos:
  1. PMI-PE e CEDEPE assinam convênio beneficiando filiados
  2. Tecnologia da informação pode acelerar implantação de projetos habitacionais
  3. Projetos de Tecnologia E-Gov
  4. Saiba quais são as certificações que garantem destaque no mercado
  5. PMI disponibiliza o guia PMBOK 4a. edição em Português (versão em pdf)
  6. Programa de Pré Incubação INCUBATIC
  7. Flammarion Cysneiros PMI
Logomarca Cysneiros e Consultores Associados