Programa Nacional Conexão Startup Indústria – ABDI


Estão abertas as inscrições para o Programa Nacional Conexão Startup Indústria, programa da @ABDI que tem como objetivo ampliar a competitividade e a capacidade de inovação das empresas industriais brasileiras por meio do relacionamento com startups. As startups selecionadas terão a oportunidade de realizar provas de conceito e pilotos com indústrias. Ao longo do programa as startups receberão recursos financeiros (até R$ 700k do .gov + aportes externos), conteúdo e mentoria oferecidos pelo programa em parceira com instituições de apoio ao desenvolvimento de negócios. As inscrições para startups, indústrias e instituições de apoio ao desenvolvimento de negócios vão até 12 de abril em https://lnkd.in/e7Qw-tx!

InovAtiva Brasil 2017 – Agradecimento


É com enorme satisfação que recebi o agradecimento do Programa #inovativabrasil pela horas dedicadas a avaliação dos projetos inovadores de impacto de Startups que submeteram ao InovAtiva Brasil 🇧🇷 2017. Assim contribuiremos para o desenvolvimento econômico e a competitividade do nosso país.

inovativa 2017

 

É com sentimento de compromisso que recebo o #Certificado de Avaliador de 15 Projetos   inovadores de impacto de Startups que submeteram ao InovAtiva Brasil 🇧🇷 2017. Assim contribuiremos para o desenvolvimento econômico e a competitividade do nosso país.

Certificado Avaliador InovAtiva Brasil MDIC Sebrae CERTI Flammarion Cysneiros - Mentor de Startups

Edital SENAI SESI de Inovação (Aeronáutica e Saúde)


Foi prorrogado até 30 de janeiro de 2017 o prazo para empresas inscreverem projetos de protótipos ou estudos de viabilidade técnica; serão selecionadas dez propostas com investimento total de R$ 2 milhões.

Empresas do setor aeronáutico interessadas em obter financiamento para ideias de protótipos conceituais ou estudos de viabilidade técnica têm até 30 de janeiro de 2017 para inscrever projetos no Edital SENAI SESI de Inovação. Foi prorrogado o prazo para a inscrição que terminaria em 30 de novembro. O desafio foi lançado pela agência de inovação sueca Vinnova, com investimento de R$ 2 milhões.

Serão selecionadas dez ideias em áreas tecnológicas como sistemas inteligentes de bordo e tráfego aéreo. Cada projeto receberá R$ 100 mil aportados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) aos integrantes brasileiros da equipe e R$ 100 mil pela agência aos membros suecos. As propostas têm de ser apresentadas em inglês. Os protótipos serão desenvolvidos entre julho de 2017 e julho de 2018. “O objetivo, neste primeiro momento, é encontrar parceiros e testar as suas ideias para verificar a viabilidade e impacto da inovação proposta”, explica o gerente-executivo de Inovação e Tecnologia do SENAI, Marcelo Prim.

DESAFIOS – Assim como a Vinnova, a aceleradora de empresas Techmall S.A e a Fundepar, gestora de um programa de investimentos para firmas emergentes, já apresentaram desafios específicos a pequenas empresas e startups por meio do Edital SENAI SESI de Inovação. Instituições interessadas podem apresentar propostas a qualquer momento. “Nosso objetivo é conectar empresas nascentes, principalmente as startups, a grandes indústrias e, assim, fortalecer as cadeias produtivas industriais no campo da inovação”, afirma o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi.

A exigência é que a empresa invista no projeto selecionado, pelo menos, o mesmo volume aplicado pelo SENAI, com valor mínimo de R$ 75 mil. A instituição-âncora poderá, a seu critério, empregar quantias superiores. As empresas devem preencher o modelo de submissão de desafios constante no site do Edital. O documento também deve ser enviado para o email equipeinovacao@cni.or.br.

PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO – O Edital SENAI SESI de Inovação integra os esforços do Sistema Indústria para promover a cultura de inovação no país e aumentar a competitividade das empresas. Além de desafios específicos, o Edital também está recebendo propostas de empresas e startups interessadas em recursos para projetos de inovação tecnológica em diversas áreas. Em 20 de fevereiro de 2017 serão conhecidos os escolhidos do terceiro ciclo de seleção.

Neste ano, serão aportados R$ 23,6 milhões, a maior parte (R$ 20 milhões) executada pelo SENAI e o restante (R$ 3,6 milhões) pelo Serviço Social da Indústria (SESI). Nesse último caso, são financiadas iniciativas que reduzam riscos de doenças e de acidentes de trabalho na indústria.

Os projetos serão selecionados com base em critérios como o potencial de inovação e de comercialização do produto ou do processo. O edital prevê um bônus de 50 pontos para as seguintes startups inovadoras:

• As formadas a partir de projetos finalistas do INOVA SENAI Nacional a partir de 2015;
• As apoiadas por programas de aceleração do SENAI;
• As finalistas da fase 3 do programa Inovativa Brasil do MDIC a partir de 2014;
• As apoiadas pelo programa Startup Brasil do MCTI em 2016;
• As finalistas das edições do Lemonade de 2016;
• As vencedoras do ITA Challenge 2016;
• As selecionadas pelo SENAI no Open 100 Startups 2016.

Além do fomento, o SENAI oferece apoio na forma de infraestrutura. Uma rede nacional com 25 Institutos de Inovação realiza pesquisa tecnológica e desenvolve novos produtos e soluções diretamente com empresas de todos os portes. O SENAI conta ainda com 57 Institutos de Tecnologia, com 1.200 especialistas que prestam serviços em áreas como metrologia, testes de qualidade, consultoria em processos produtivos específicos de diferentes setores, entre outros. Desde a primeira edição, em 2004, até 2015, o Edital de Inovação recebeu 5.450 propostas. Ao todo, 686 projetos foram aprovados.

Categorias do edital para submissão de projetos
-Inovação tecnológica, para projetos de até R$ 400 mil
-Protótipos de inovação, para projetos de até R$ 150 mil
-Inovação em Saúde e Segurança no Trabalho e Promoção da Saúde, para projetos de até R$ 400 mil

Seleção das instituições-âncora
Instituições interessadas podem apresentar a qualquer momento desafios a serem resolvidos por pequenas empresas. Basta preencher o documento modelo de submissão no site do Edital. Após o preenchimento, o documento deve ser enviado para o email equipeinovacao@cni.or.br.

COMO FUNCIONA
– Quer saber mais sobre o Edital? Veja o passo a passo no site do programa.
Por Helayne Boaventura
Da Agência CNI de Notícias

 

Edital SENAI SESI de Inovação e Biominas Brasil selecionam projetos de startups na área de ciências da vida

Soluções em saúde humana, digital health, saúde animal, agronegócio e meio ambiente poderão receber até R$ 400 mil cada uma e apoio de rede de laboratórios. Inscrições estão abertas até 5 de fevereiro de 2017

Arte digital healthO Edital SENAI SESI de Inovação e a Biominas Brasil selecionam projetos apresentados por startups de base tecnológica de todo o país que apresentem soluções (produtos ou serviços) nas áreas de saúde humana, digital health, saúde animal/agronegócio e meio ambiente. Serão escolhidas 21 propostas, que poderão receber até R$ 400 mil cada uma. As inscrições estão abertas até 5 de fevereiro de 2017 e podem ser feitas pela internet. O anúncio dos selecionados ocorrerá em 22 de fevereiro.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) vai aportar até R$ 200 mil no projeto e o restante será aplicado por um parceiro investidor – grande empresa ou fundo de investimento – ligado à Biominas, instituição privada sem fins lucrativos, especializada em promover negócios de impacto em ciências da vida. O montante disponibilizado pelo SENAI é destinado ao custeio do desenvolvimento tecnológico necessário no projeto. Já o valor oferecido pelo parceiro investidor poderá ser destinado ao custeio da operação da startup e demais despesas estratégicas para o desenvolvimento do negócio, conforme as condições e termos em que a parceria for estabelecida.

O objetivo do desafio lançado pela Biominas Brasil em parceria com o Edital SENAI SESI de Inovação é conectar instituições âncoras e seus parceiros com startups de base tecnológica. As startups selecionadas participarão, inicialmente, do BioStartup Lab, programa de pré-aceleração que dura aproximadamente três meses, com atividades de capacitação, mentoria, acompanhamento e de avaliação, realizadas em Belo Horizonte. As startups estarão aptas as receber os recursos aos projetos inovadores desde que cumpram e compareçam a todas as atividades classificadas como obrigatórias pelo programa e pelas regras do Edital.

Para o gerente-executivo de Inovação e Tecnologia do SENAI, Marcelo Prim, o desafio é um mecanismo de aproximação de startups com a indústria, promovendo a construção de confiança técnica entre as partes, e, desta forma, o empreendedorismo industrial. “Ganha a indústria, pela agilidade com a qual a startup desenvolve ciclos de desenvolvimento e de aprendizado e ganha a startup, que tem acesso a problemas concretos da indústria e a um potencial mercado”, avalia. O coordenador do BioStartup Lab, Rafael Silva, também destaca que “o modelo desenhado é interessante pois diminui os riscos para o investimento nas startups, favorecendo o casamento entre investimentos privados e recursos de fomento”.

Além do fomento, o SENAI oferece apoio na forma de infraestrutura. Uma rede nacional com 25 Institutos de Inovação realiza pesquisa tecnológica e desenvolve novos produtos e soluções diretamente com empresas de todos os portes. O SENAI conta ainda com 57 Institutos de Tecnologia com 1,2 mil especialistas que prestam serviços em áreas como metrologia, testes de qualidade, consultoria em processos produtivos específicos de diferentes setores, entre outros. Desde a primeira edição, em 2004, até 2015, o Edital de Inovação recebeu 5.450 propostas. Ao todo, 686 projetos já foram aprovados.

DESAFIOS – A possibilidade de grandes empresas e instituições lançarem desafios específicos a serem solucionados por jovens empresas e startups é a grande novidade do Edital SENAI SESI de Inovação em 2016. Instituições interessadas podem apresentar propostas a qualquer momento. A exigência é que a empresa invista no projeto selecionado, pelo menos, o mesmo volume aplicado pelo SENAI, com valor mínimo de R$ 75 mil. A instituição-âncora poderá, a seu critério, empregar quantias superiores. As empresas devem preencher o modelo de submissão de desafios disponível no site do Edital. O documento também deve ser enviado para o email equipeinovacao@cni.or.br.

Além da Biominas Brasil, a agência de inovação sueca Vinnova, a aceleradora de empresas Techmall S.A e a Fundepar, gestora de um programa de investimentos para firmas emergentes, já apresentaram desafios específicos por meio do Edital SENAI SESI de Inovação. Com investimento de R$ 2 milhões, a Vinnova lançou desafio para empresas do setor aeronáutico. As inscrições vão até 30 de janeiro de 2017. Serão selecionadas dez ideias de protótipos conceituais ou estudos de viabilidade técnica em áreas tecnológicas como sistemas inteligentes de bordo e tráfego aéreo. Cada projeto receberá R$ 100 mil aportados pelo SENAI aos integrantes brasileiros da equipe e R$ 100 mil pela agência aos membros suecos.

SAIBA MAIS – Acesse o site do Edital SENAI SESI de Inovação para conhecer todos os detalhes de como participar.

Por Helayne Boaventura
Foto: Arquivo/CNI
Da Agência CNI de Notícias

ALI conquista prêmio para o Sebrae


Grande vencedor do Prêmio Projeto do Ano, da Revista Mundo Project Management, o ALI apoia a inovação em pequenos negócios

Divulgação

São Paulo – Criado há seis anos e responsável pelo acompanhamento e desenvolvimento de mais de 115 mil micro e pequenas empresas, o Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), desenvolvido pelo Sebrae, foi reconhecido, na última sexta-feira (25) como Projeto do Ano, na premiação Projetos e PMO do ano de 2016, da Revista Mundo Project Management.

O ALI é fruto de um acordo de cooperação técnica entre o CNPq e o Sebrae que tem como objetivo promover ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de orientação gratuita e personalizada. Essa orientação é realizada por agentes, bolsistas do CNPq, selecionados e capacitados pelo Sebrae, para acompanhar um conjunto de empresas. Os Agentes Locais de Inovação visitam os empreendimentos, apresentam soluções e oferecem respostas às demandas específicas de cada negócio. As mudanças geram impacto direto na gestão empresarial, na melhoria de produtos e processos e na identificação de novos nichos de mercado para os seus produtos.

“Foi uma maneira incrível de fecharmos um ciclo do ALI, coroado com dois acordos com o CNPq, mostrando um projeto que tem uma gestão eficiente, descentralizada e complexa, com um enorme impacto para milhares de micro e pequenas empresas, que diminuíram custos e aumentaram o faturamento”, avalia o gerente-adjunto da Unidade de Acesso à Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade do Sebrae, Marcus Bezerra, que apresentou o projeto na premiação.

Segundo Bezerra, o Sebrae conquistou o prêmio ao mostrar os indicadores de gestão, o número de empresas atendidas e a capacidade de monitorar e fazer intervenções quando forem necessárias. “O ALI é um projeto com mais de 1.400 atores – agentes, consultores, orientadores e gestores estaduais – e executou, em 2016, R$ 63 milhões”, revela.

Fonte: ASN

Seminário Gestão de Marketing Digital para Inovar no mercado imobiliário


Data:  24 de outubro
Local: Sebrae Recife – Rua Tabaiares, 360, Ilha do Retiro, Recife/PE
Inscrições em: goo.gl/rsotKQ.

#Recife Se sua imobiliária ainda não tem domínio no Facebook, temos a palestra certa para sua marca crescer. Flammarion Cysneiros, CEO de várias startups, vai dar dicas de como ganhar fãs e torná-los fieis. E se a ideia é inovar com sustentabilidade, no mesmo dia tem palestra com Adalberto Souza, especialista em gestão da qualidade ambiental. Essas duas feras estão no nosso seminário no dia 24 de outubro, como parte da programação do Sebrae na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Vai lá no nosso site se inscrever:goo.gl/rsotKQ.

#Sebraepe #Inovação

folder-inovacao-mercado-imobiliario-oficial

Data:  24 de outubro
Local: Sebrae Recife – Rua Tabaiares, 360, Ilha do Retiro, Recife/PE
Inscrições em: goo.gl/rsotKQ.

Consultólogo orienta Startups a captação de recursos até R$ 120 mil por projeto


Mentoria Consultologo Startups Edital Sebrae de Inovação

Edital Sebrae de Inovação distribuirá até R$ 120 mil por projeto para pequenos negócios com potencial de alto impacto.  Interessados façam aqui sua pré-inscrição para Mentoria:  http://bit.ly/EditalSebrae

 

O edital

O prazo para a execução dos projetos é de 24 meses e o limite do subsídio é de R$ 120 mil por iniciativa, sendo obrigatória uma contrapartida financeira de até R$ 80 mil das selecionadas. No mínimo 20% dos recursos serão destinados a projetos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, desde que alcancem a pontuação mínima no edital.

Empresas incubadas, graduadas, aceleradas ou finalistas do programa InovAtiva receberão 10% a mais na pontuação atribuída pela banca avaliadora. Para o secretário de Inovação e Novos Negócios do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Marcos Vinícius de Souza, o Edital Sebrae de Inovação pode ajudar muito as startups do InovAtiva no desenvolvimento de produtos em um momento de evolução da empresa em que os recursos são escassos e caros. “Queremos uma integração nos dois sentidos, para que startups aceleradas pelo InovAtiva submetam projetos ao edital, e que empresas selecionadas no edital participem dos próximos ciclos do InovAtiva”, destacou.

Confira aqui o edital. As inscrições vão até 23 de setembro. Os empreendedores interessados em participar, no entanto, devem cumprir uma etapa prévia: procurar o Sebrae do seu estado, de posse da documentação exigida, para obter o termo de habilitação, item obrigatório no processo de inscrição online.

 Interessados façam aqui sua pré-Inscrição: http://bit.ly/EditalSebrae

Serviço:

Consultólogo – Rede Brasileira de Consultoria 

Bruna Luisa dos Santos Sousa
Email:  bruna@consultologo.com.br

  • Consultólogo – Rede Brasileira de Consultoria, Marketing e Representações Ltda
  • E-mail: contato@consultologo.com.br
  • Fones: +55 (86) 99827-2920 / (86) 99555-9268

Programa Passaporte para Exportação


Passaporte para Exportação SEBRAE Margarida Colier Cysneiros e Consultores

 

Com o objetivo de incrementar as EXPORTAÇÕES do Estado de Pernambuco, o SEBRAE desenvolveu o curso PASSAPORTE PARA EXPORTAÇÃO que vai ajudar o empresário a entender os procedimentos para exportar, contemplando exercícios e dinâmicas que vão facilitar desde a definição do produto a ser exportado até a entrega ao importador.

Período do Curso: 18/07/16 a 3/08/16
Local: Centro de Educação Empresarial do SEBRAE – CEE
Hora: das 19h às 22h
Valor do Investimento: R$500,00 por participante
Encontros: 13
Carga Horária: 45horas
Número de participantes por turma: 20
Visita Técnica: Porto de Suape
Certificado final do curso: frequência mínima de 80%

Esta é a segunda turma que o SEBRAE Pernambuco estará realizando em 2016 e o seu nome consta na lista de reserva.

Informamos que temos 35 representantes de empresas na lista de reserva e foram priorizados os empresários por ordem de pré-inscrição, além da potencialidade exportadora da empresa.

Caso haja interesse em confirmar sua reserva, favor enviar email com as informações abaixo, até às 16 horas do dia 08/06/16. Caso contrário, entendemos que a vaga poderá ser disponibilizada para outro empresário da lista de reserva.

Nome do Participante:
CPF:
Razão Social:
CNPJ:
(*)Enviar para o email: mcollier@pe.sebrae.com.br

As próximas turmas serão realizadas no segundo semestre nas cidades de Serra Talhada, Santa Cruz do Capibaribe e Petrolina.


Atenciosamente

Margarida Collier
Economista Msc.
Unidade RMR – Atendimento Individual
Tel: (55 81) 2101.8449 – WA 996014515
Rua Tabaiares, 360 – Ilha do Retiro
CEP – 50.750-230 – Recife -PE
e-mail mcollier@pe.sebrae.com.br