Como está o mercado mobile, digital e social para 2015


mobile_commerce

Enquanto você lê esse post, centenas de smartphones são comprados e milhões de pessoas acessam a internet pelo celular. E aliando a comodidade e a praticidade, que tal realizar transações financeiras através de apps de bancos, comprar ingressos para um show de rock e fazer pedidos delivery com poucos toques na tela de seu dispositivo móvel? A revolução do mercado mobile foi benéfica para o nosso dia a dia, atraindo a atenção de quase dois bilhões de usuários no mundo todo.

Mas o que esperar do mercado mobile em 2015? As mudanças estão ocorrendo rapidamente, e a cada dia que passa surgem novas ferramentas, aplicativos, plataformas e aparelhos. Embora esse ano não seja bom em termos econômicos, as empresas de tecnologia continuarão investindo nesse mercado e oferecerão diferenciais para os usuários. Veja os resultados da pesquisa Digital, Social e Mobile in 2015, realizada pela We Are Social.

O uso de smartphones no Brasil e no mundo

Em setembro de 2014, o número de usuários de dispositivos móveis ultrapassou o equivalente a 50% da população do mundo. Com a taxa de crescimento anual de 5%, já podemos prever que até o final de 2015 mais de 200 milhões de aparelhos serão vendidos. Quanto as assinaturas, estão ativas mais de 7 bilhões. Do total de conexões ativas no mundo, cerca de 38% são originadas de smartphones. Quando combinados aos tablets, estes são responsáveis por 38% de todos os acessos as páginas da web em todo o mundo.

No Brasil, estamos com potenciais 276 milhões de usuários de smartphones, o que representa 135% da população total. Quanto a conexão, 78% da população utiliza um serviço pré-pago, enquanto que 22% usa pós-pago. Cerca de 56% utiliza serviços de banda larga, com tecnologias 3G e 4G. Com relação ao tráfego na internet, 20% é proveniente de smartphones e 3% de tablets.

As compras por varejo em mobile commerce

As taxas de conversão em apps mobile commerce estão cada vez maiores. Embora o comércio mobile esteja pegando ritmo no mundo inteiro, o Reino Unido lidera as compras online através de dispositivos móveis, com quase dois terços da população comprando ativamente. Em segundo e terceiro lugar, Alemanha e Coréia do Sul, com 63% e 62%, respectivamente. Os EUA ficaram em quarto lugar, com 56%.

No brasil, 22% dos usuários de smartphones e tablets usaram o aparelho para pesquisar um produto, e 15% realizaram uma compra. Os computadores ainda lideram as compras por varejo, representando 36% das vendas.

A disputa incessante dos aplicativos de mensagem

A principal briga do universo mobile em 2014 foi a dos aplicativos de mensagens, que se estenderá em 2015. Facebook Messenger, Line, Whatsapp, WeChat, KakaoTalk e Telegram tentarão dominar o espaço de troca de mensagens e conquistar cada vez mais os usuários. No total, há cerca de 1,65 bilhões de contas em redes sociais em todo o mundo. Nos últimos 12 meses, os aplicativos de mensagens têm relatado mais de 100 milhões de novos usuários ativos mensais.

Na pesquisa, o Facebook lidera o ranking de redes sociais mais utilizadas no Brasil e no mundo, com 1.36 milhões de usuários ativos em janeiro de 2015. Desse total, 83% acessam o serviço através de dispositivos móveis.

O market-share das principais plataformas

A questão do market-share de mobile para esse ano será endereçada de forma mais profunda: quem são os usuários, onde eles estão localizados e quais smartphones utilizam. Hoje temos aparelhos high-end da Samsung que competem em preço com o iPhone. Em um futuro não tão distante, o Android não será visto apenas como um sistema operacional mobile, pois estará presentes em relógios, carros e Tvs.

Já o iOS possui um Market-share de 11.7%, detendo a maior parte dos usuários mais rentáveis, ou seja, aqueles que gastam mais dentro dos apps. Para a grande maioria dos casos, a questão do sistema operacional como fator decisório da compra torna-se irrelevante. Os compradores vão optar por esse ou aquele aparelho tendo como base o preço, desde que ele consiga acessar o Whatsapp, navegar na internet e fazer ligações.

Os dispositivos “vestíveis” vindo com tudo

Para 2015, a principal ideia é que passemos a vestir tecnologia. Ouviremos bastante a palavra “wearables”, ou dispositivo inteligente que pode ser vestido. Poderemos nos conectar através de relógios, pulseiras, óculos e outros acessórios que são capazes coletar dados sobre a sua saúde, como medir o nível de glicose em seu sangue e calcular a quantidade de calorias queimadas durante o dia. O pioneiro nessa área foi o Google Glass, que provou ser um ótimo produto no ano passado, mas que ainda não está pronto para ser utilizado em larga escala.

No mercado, estão disponíveis também os Smart Watches e Fitness Trackers. Os primeiros permitem que você mantenha o seu smartphone no bolso e veja notificações através de seu pulso. Dessa forma, você pode ver mensagens de texto sem tirar o aparelho do bolso. Já os segundos simplificam os seus exercícios físicos, monitorando seus treinos e exibindo informações sobre sua rotina diária em seu dispositivo móvel ou na tela do próprio dispositivo.

Gostou dos resultados da pesquisa? Veja os números na íntegra!

Fonte: Jera Blog

Empresa lança desafio de R$ 1 milhão para ideias inovadoras


Fonte: Terra

 

Na última terça-feira, a empresa Buscapé anunciou na Campus Party que vai lançar um concurso de ideias inovadoras de startups dentro de duas semanas. Ao todo, o vencedor ganhará o equivalente a R$ 1 milhão: terá 30% da sua empresa comprada por R$ 300 mil e receberá R$ 700 mil para investir em parceria com o Buscapé.

De acordo com a organização, a ideia é reposicionar a empresa no mercado online e modernizar o contato com os usuários. “O Brasil tem muitos empreendedores bons, mas faltam oportunidades e, principalmente, capital para investimento”, afirmou o representante da empresa no evento, Guilherme Stocco.

Para Stocco, o Brasil não possui a cultura do empreendedorismo e a empresa espera ajudar a despertar esta vontade. Os projetos selecionados deverão fazer parte das áreas de mobile, e-commerce e social commerce.

Campus Party Brasil 2011
Nascida na Europa, em 1997, a Campus Party é um dos maiores eventos de tecnologia, entretenimento e cultura digital do mundo que, em 2011, chega a sua quarta edição brasileira. Além do Brasil, são tradicionais os encontros realizados na Espanha, na Colômbia e no México. A Campus Party Brasil acontece de 17 a 23 de janeiro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP).

Para este ano, são esperados mais de 6,8 mil participantes – ou campuseiros – sendo que dentre esses, mais de 4,5 mil ficam acampados no local. Além de atividades como oficinas e exposições, a Campus Party Brasil 2011 terá inúmeras palestras. Entre os confirmados, estão o ex-vice-presidente dos EUA, Al Gore, Tim Berners-Lee, pai da “WWW”, e Jon Maddog Hall, presidente da Linux International, e muitos outros.

IBM investirá US$ 100 milhões em pesquisa de tecnologias móveis


mobile

Nos próximos 5 anos, laboratório da IBM na Índia vai focar em tecnologias que facilitem acesso à internet e serviços no celular

A IBM vai investir 100 milhões de dólares em pesquisa na área de comunicação móvel nos próximos cinco anos.

A companhia pretende criar em seus laboratórios tecnologias que façam as pessoas não terem mais o PC como equipamento primordial para acessar a internet, ou seja, facilitando o uso de serviços em seus celulares, como gestão de funcionários de uma empresa, transações financeiras, entretenimento, compras, entre outras atividades.

Boa parte da pesquisa provavelmente vai focar em tecnologias para mercados emergentes e em seus celulares, disse uma porta-voz da IBM Research, nesta quarta-feira (17/6).

Um dos projetos em desenvolvimento no IBM Research Lab em Haifa, na Índia, é feito junto à operadora Taiwan Mobile, que prevê analisar informações de consumidores e alcançar negócios inteligentes baseados nas preferências dos usuários, contexto e histórico de serviços.

Veja também

Mais informações sobre Mobiles:
  1. Apple construirá data center nos EUA com incentivos fiscais
  2. Intel investe US$ 43 milhões em operadora japonesa de WiMax
  3. Portal WAP – Pequena empresa terá informações sobre negócios pelo celular
  4. Empresas de consultoria oferecem assessoramento para facilitar o ingresso de novos empreendimentos inovadores no projeto que visa oferecer R$120mil
  5. O que você guarda dentro do seu celular?

 

Logomarca Cysneiros e Consultores Associados