Já é possível navegar na Internet sem deixar rasto


Tanto o Internet Explorer 7 como o Mozilla já permitem o bloqueio de cookies e apagar a informação privada como os ficheiros temporários e o histórico de navegação. Mas ainda nenhum dos browsers consegue apagar estes registos definitivamente.

Empresas partilham informação de pessoas online

O «beta» também introduz uma opção adicional no modo «InPrivateBlocking» que pode bloquear conteúdos de terceiros e evita que estes apareçam nos sites.

As empresas que fornecem tal conteúdo podem também estar a recolher e a partilhar informação de pessoas online. Mas os utilizadores que ligam o «InPrivate Blocking» não poderão ver esse conteúdo ou a estarem expostos a essa recolha de dados sem autorizarem.

O «InPrivateBlocking» pode também impedir que determinado tipo de anúncios apareçam, inclusive os da Microsoft, cujo sucesso é considerado crucial para o futuro dos produtores do software.

JJ Richards, gestor do departamento de publicidade da Microsoft, respondeu num comunicado que os consumidores percebem que têm direito a conteúdos grátis em troca de publicidade mas que isso não significa que não queiram «transparência».

Segurança da informação: novas ameaças, mais sofisticadas e complexas


Nos últimos anos, as redes e sistemas de informação têm aumentado em complexidade, assim como as técnicas e tecnologias utilizadas pelos “hackers” para driblar estes sofisticados sistemas. Conseqüentemente, as estratégias de proteção da informação devem ser mais rigorosas, enquanto os departamentos de informática devem controlar uma maior quantidade de variáveis, ataques e vulnerabilidades. [Leia mais]