Britcham sedia evento sobre inovação em saúde


Inovaçao Saúde

Presidente do INPI ministra palestra sobre propriedade intelectual no setor de saúde brasileiro. Objetivo é discutir os desafios e oportunidades para o desenvolvimento da inovação no setor.

O presidente do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), Jorge Ávila, participará na próxima quarta-feira (17/06) do VIII Seminário organizado pelo Comitê de Saúde da Câmara Britânica de Comércio e Indústria no Brasil (Britcham) que acontecerá em São Paulo. No encontro, analisará o binômio propriedade intelectual e inovação.
 
O tema do evento será “Ambiente de Inovação em Saúde do Brasil” e é patrocinado pela Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfama) e pela Roche. A palestra será apresentada a partir das 15h30. Além do presidente do INPI, participarão também dirigentes e profissionais ligados à pesquisa de empresas, universidades, como USP e Unicamp, do Ministério da Ciência e Tecnologia e de associações de propriedade intelectual.

 

O objetivo é debater os desafios e oportunidades para o desenvolvimento da inovação no Brasil focando no setor da saúde. Serão também traçados paralelos com outros setores e países. As palestras farão uma análise sistêmica pontuando a conjuntura atual comparada com a evolução dos esforços nacionais e de outros países com diferentes graus de desenvolvimento.

Serviço:

VIII Seminário do Setor de Saúde da Britcham – Ambiente de Inovação em Saúde no Brasil

Local: Auditório do Centro Brasileiro Britânico
Rua Ferreira de Araujo, 741, Pinheiros, São Paulo, SP.

Horário: Das 8h30 às 17h30

Outras informações: Andrea, Simoni ou Tatiane (11) 3819-0265

Fonte: INPI

Case de Inovação na SAÚDE

logomarca Web360GrausA empresa pernambucana WEB360Graus é case de inovação para o setor da saúde, no desenvolvimento de sistema de business inteligence que permite a redução de custos de internação home care, focados em auditoria médica.

 
Veja também
Mais informações sobre INOVAÇÃO:
  1. Propriedade industrial: Universidade inova mais
  2. Mais de 490 empresas gaúchas inscrevem-se no Inova RS
  3. Laboratório de nanotecnologia pesquisa plásticos biodegradáveis
  4. Tecpar investe R$ 14 milhões em reestruturação tecnológica
  5. Fundação Certi recebe R$ 6 mi para montar Centro de Referência
  6. Santa Catarina bate o martelo para a Inovação
  7. Resultado da Primeira fase do PRIME Pernambuco seleciona 79 empresas
  8. Inovação tecnológica terá linha de crédito com juro de 1% ao ano
  9. PROTEC lança livro que ensina a elaborar projetos de inovação
  10. Financiamento de R$ 200 mil a empresas inovadoras
  11. Sem inovação, Brasil corre risco de “apagão tecnológico”
Logomarca Cysneiros e Consultores Associados
 
Anúncios

Alunos do Projeto Cria Web têm aula inaugural no centro de convenções


Cria Web
A primeira aula presencial do curso de capacitação em web design, dentro do Projeto Cria Web, reuniu nesta segunda-feira (15) cerca de 400 alunos da capital e do interior, no Teatro Gustavo Leite. Além da aula proferida pelo professor Adriano Giannini, o encontro contou com palestras, apresentação da performance teatral “Ensino à Distância” e uma exposição do artista gráfico Pedro Lucena. Os presentes foram saudados pelo secretário de Estado do Planejamento e do Orçamento, Sérgio Moreira, e pelo diretor presidente Companhia de Empreendimentos, Intermediação e Parcerias do Estado de Alagoas (Cepal), Marcos Kümmer.

O projeto é uma iniciativa do Programa Cepal Social, ação promovida por diretores e funcionários da entidade que tem como objetivo compartilhar conhecimento técnico com a sociedade. “Sentimos necessidade desse intercâmbio de informações com a população. Não adianta represar a experiência de nossos profissionais, temos que colaborar com a capacitação profissional dos alagoanos e elevar o grau de especialização das pessoas, fazendo com que elas desenvolvam seus próprios projetos”, afirma Marcos Kümmer. A Cepal conta com o apoio do governo de Alagoas, através das secretarias do Planejamento e Orçamento e da Gestão Pública, além do Itec.

Cerca de 1.900 pessoas se inscreveram no curso e já estão fazendo os dois primeiros módulos, de um total de 13. “A última etapa será a apresentação de um trabalho prático, resultante do conhecimento adquirido”, lembra o diretor. Apesar dos encontros presenciais periódicos, o Cria Web utiliza ferramentas do ensino à distância, possibilitando a inclusão de alunos em todos os municípios de Alagoas e até de outros estados.

“O importante é que cursos dessa natureza estimulam o empreendedorismo e a possibilidade de emprego à distância. Ou seja, ou o futuro web designer cria seu próprio negócio, com o incentivo de bancos públicos e do próprio governo, ou busca oportunidades de trabalho on line. Com essa capacitação e algum conhecimento em idioma, esse aluno pode trabalhar para empresas localizadas em outros estados e até no exterior”, diz o secretário Sérgio Moreira, entusiasta dos programas de inclusão produtiva.

O primeiro curso de web design tem um total de 272 horas/aula. Os 13 módulos são disponibilizados por download, mediante a digitação de uma senha pessoal que cada aluno recebeu no ato da inscrição. Inicialmente o curso seria destinado apenas a jovens de 13 a 21 anos, mas o interesse de uma faixa etária maior fez com que o escopo se ampliasse. “Muitos pais fizeram a inscrição junto com os filhos, demonstrando que todos querem ter acesso às novas tecnologias”, afirma Marcos Kümmer.

Para o estudante de Administração Marcos Eduardo Vasconcelos, de 18 anos, morador do bairro da Pajuçara, o curso surgiu como oportunidade de aprofundar conhecimentos básicos já adquiridos na área. “Eu sempre quis trabalhar com informática e o Cria Web me dá a possibilidade de continuar minha faculdade e estudar web design nas horas vagas”, diz.

Para Valmênia Santos, estudante de curso pré-universitário, as aulas modulares à distância são um incentivo a mais para entrar em contato com as novas tecnologias. “Foi uma professora da minha irmã que falou sobre o curso em sala de aula. Acabei fazendo, além da minha, mais quatro inscrições de pessoas da família”, conta.

Para Fernando Pacheco, de 40 anos, o curso vai auxiliar no seu trabalho como gerente de Polícia Comunitária da Secretária de Estado de Defesa Social. “A informática sempre esteve nos meus planos, mas a falta de tempo me afastava de um curso convencional. O Cria Web é uma ótima oportunidade de unir o útil ao agradável, já que meu objetivo é criar um site sobre o nosso trabalho, ampliando a interação da polícia com a comunidade”, explica.

A data da próxima aula presencial do projeto será anunciada oportunamente, no site www.cepalsocial.com.br, onde também os alunos fazem o download dos módulos e contam com um blog criado especialmente para um maior contato com os instrutores da Cepal. “Nossa página está no ar para tirar qualquer dúvida dos inscritos e também para promover um maior intercâmbio entre eles”, afirma o professor Adriano Giannini, idealizador do Cria Web.

webBannerA Empresa Pernambucana WEB360Graus sinalizou o interesse em absorver os alunos para projetos de desenvolvimento web na região. Para tanto os interessados e coordenadores do projeto devem entrar em contato através do e-mail: inovacao@web360graus.com.br
 
Veja também
Mais informações sobre a empresa inovadora WEB360Graus:

Resultado da Primeira fase do PRIME Pernambuco seleciona 79 empresas


prime

 

Foram divulgados, na última sexta-feira, os pré-selecionados em Pernambuco para o programa Primeira Empresa Inovadora (PRIME), iniciativa da FINEP que oferece subvenção não-reembolsável de R$ 120 mil para empresas nascentes inovadoras. Dos 135 inscritos, 79 foram selecionados – um a menos do que o programa permitia. “O pré-requisito era que o projeto obtivesse nota superior a seis, o que apenas esses conseguiram”, explica o coodenador do programa, Eiran Simis.

Segundo ele, a falta de leitura atenta do edital elimina muitos candidatos que deixam de cumprir pontos importantes. Apesar da seleção focar no Estado, operada localmente pelo Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR), apenas 50% dos pré-selecionados são de Pernambuco. Entre eles, estão a empresa de design e tecnologia Quarta Dimensão e a empresa de reuso de software do CESAR, Rise.

Também se destacaram com as melhores notas três empresas da Incubadora Temática de Base Tecnológica de Empresas em Agronegócios da UFRPE (Incubatec Rural). De acordo com Simis, a próxima fase é uma capacitação com um representante de cada empresa e a terceira é a submissão de um plano de negócios mais detalhado para a seleção final.

logomarca Web360GrausA WEB360Graus é case de inovação para o setor da saúde, no desenvolvimento de sistema de business inteligence que permite a redução de custos de internação home care, focados em auditoria médica.

Confira os pré-selecionados em: www.primepe.com.br