Cursos online: conheça 12 sites que oferecem aulas somente via web


Cursos online

Seus horários não coincidem com as ofertas de cursos ou pós-graduações tradicionais? Veja opções 100% online na área de tecnologia.

Muitos profissionais querem se atualizar ou especializar, mas não encontram tempo para fazer  cursos presenciais e mesmo os cursos online exigem que o aluno compareça pessoalmente a uma aula comum ao menos semanalmente. Felizmente, algumas instituições oferecem cursos 100% online. Basta abrir um espaço na agenda e se conectar ao conhecimento.


No mercado, há ofertas que vão de cursos livres ou de extensão até graduações, pós-graduações e MBAs no Brasil ou exterior. Seleciononamos 12 opções para que você aprenda temas relacionados à tecnologia direto de sua casa, da praia, do campo e onde mais seu raciocínio funcionar melhor.

Data Center University
Os cursos da Data Center University e da Energy University são voltados a bancos de dados e eficiência energética – em várias áreas -, respectivamente. Os usuários podem acessar todos os cursos por meio de um cadastro em cada site e assisti-los em vídeo. O acesso é gratuito. Em inglês.

FGV Online
A Fundação Getúlio Vargas oferece, aos interessados, o curso de extensão em Gestão da Tecnologia da Informação. Com carga horária de 30 horas, o treinamento aborda a criação de estratégias e planejamento na área de TI. O valor é de 680 reais.

Harvard University
A instituição norte-americana mundialmente reconhecida também possui opções de cursos online, da introdução à Ciência da Computação a design de software e computação paralela. Os preços variam. Em inglês.

Linux Online
Gratuitamente, o site Linux Online ensina os interessados no sistema operacional de código aberto do nível básico ao avançado, em inglês. Para quem não fala o idioma, o
Linux Brasil também criou cursos online em português que custam entre 15 e 25 reais para incentivar o uso de software livre no Brasil.

MIT
O Massachusetts Institute of Technology oferece gratuitamente diversos cursos com temas de tecnologia. As áreas incluem Ciência da Computação, Engenharia Elétrica e mistos de tecnologia com sociedade e saúde. Os materiais para download incluem textos, áudios e vídeos. Em inglês.

News University
A Universidade online voltada a jornalistas possui cursos, gratuitos e pagos, que também podem interessar aos profissionais de tecnologia. Temas como web semântica e arquitetura de redes sociais estão entre as ofertas da News University. Em inglês.

Open University
De cursos livres a pós-graduação, esta ‘universidade aberta’ têm muitas opções na área de tecnologia. Entre os temas estão gerenciamento de software, engenharia avançada de redes e sistemas da informação. A instituição oferece diplomas e certificados, com preços e datas de inscrição variáveis. Em inglês.

PUC-SP
A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo oferece o curso online “Psicologia e Informática”, que aborda os relacionamentos virtuais e suas implicações para as relações humanas.

Senac
O Senac também investe em educação online e, na área de tecnologia, é possível se inscrever em cursos como direito digital e gestão do risco eletrônico, aspectos legais da Segurança da Informação e gerência de projetos.

Senai
A Rede Senai de Ensino a Distância oferece cerca de 200 cursos voltados à qualificação técnica de interessados em diversas áreas de tecnologia, como webdesign, programação e manutenção de PCs. Já a ação Competências Transversais oferece especialização na área de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Stanford University
A Universidade de Stanford democratiza seus famosos cursos de engenharia oferecendo três módulos de introdução em Ciência da Computação. Cursos mais avançados abordam Inteligência Artificial ou Otimização e Sistemas Lineares. Em inglês.

UFRGS
O Portal Aramis de ensino a distância da Universidade Federal do Rio Grande do Sul oferece cursos de CorelDRAW, Adobe Photoshop, AutoCAD 2D e 3D. Os preços variam.

Unicamp
A Universidade de Campinas oferece minicursos online e treinamentos interativos básicos, como desenvolvimento de aplicativos web, DreamWeaver, Adobe Photoshop 5.5 (versão antiga do editor de imagens), segurança de sistemas, Linux, CSS (Cascading Style Sheets) e outros. Grátis.

Leia também:
> Mercado valoriza
graduação ou curso tecnológico?

Fonte: IDG

Opinião da Cysneiros Consultores:

Flammarion Cysneiros - CEO - ICOMUNI ConsultoriaPara Flammarion Cysneiros, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento de Projetos da ICOMUNI Consultoria, a Educação à distância (EAD) vem acompanhando a tendência de crescimento das novas tecnologias de aprendizagem e da própria internet. Aliada a isso a possibilidade do aluno compatibilizar agendas e horários de aprendizado.

A ICOMUNI Consultoria empresa há mais de 5 anos no mercado, elabora projetos de EAD aliando conceitos como usabilidade e gestão do conhecimento organizacional às novas mídias educativas.

Logomarca Cysneiros e Consultores Associados
Anúncios

Os números da web 2.0 aumentam cada vez mais


call center 2.0
Call center

As centrais de atendimento ao cliente e telemarketing, têm apostado na web 2.0 como ferramenta de relacionamento com os clientes.

42-17674500EAD
A educação à distância potencializada pela web 2.0, utilizando ferramentas open source colaborativas, tais como Moodle, wiki, etc.

tvwebTV Digital
Existem pesquisas aplicadas em web 2.0 para utilização dessas mídias na tv digital, com foco na interatividade das redes sociais.

e-commerceE-commerce
A re-invenção do e-commerce 2.0, onde os usuários decidem comprar, através dos depoimentos dos de outros consumidores nos sites de compra.

google_evento_adsense_techbitsGoogle
O Google tem apostado na web 2.0 e na integraçaõ de diversas mídias sociais e interativas.

campuseirosCampus Party 2009
Na Campus party, evento realizado este ano, trouxe à tona diversos cases e estudos relacionados ao tema.

web2.0Universo Corporativo
Este diferencial também se dá no universo corporativo, quando grandes empresas e instituições tradicionais como o SEBRAE, têm utilizado cada vez mais as mídias sociais e a web 2.0 na disseminação das informações junto aos clientes.


SEBRAESebrae 2.0

Case – Blog Mundo Sebrae: http://mundosebrae.wordpress.com/

Sebrae Pernambuco

O Sebrae Pernambuco também pretende inovar da Web 2.0. A ICOMUNI Consultoria está desenvolvendo um modelo inovador, baseado em conceitos de Web Semântica e gestão do conhecimento.

EAD e a socialização do conhecimento


dossie-universo-jovemCom o avanço das tecnologias da comunicação e da informação e mais precisamente com o desenvolvimento da internet, a comunicação tornou-se mais rápida oportunizando assim, a veiculação de conhecimento em tempo real. Esta mídia, a internet, permite agrupar em sua estrutura todas as outras como som, texto e imagem. Sendo assim, a partir dessa possibilidade, a utilização da internet para transmissão de informação ficou de mais fácil acesso. Dessa forma, as instituições educacionais aproveitaram a internet para desenvolver plataformas de educação a distância.

Uma plataforma de EAD reúne diferentes ferramentas como chat, fórum, editor de texto, inserção de imagem, de som, de slides e web conferência, todos integrados para fazer fluir a troca de informação entre professores e alunos. O trabalho do docente com os recursos aí disponibilizados potencializa-se, pois os meios didáticos permitem aos professores lançar mão de recursos didáticos como produção de textos (editor de texto), conversarem com os alunos online (chat), dispor conteúdo para que seus alunos comentem e insiram sua compreensão (fórum), disponibilizar música, imagem e também realizar aulas por meio da web conferência.

Podemos inferir que a EAD é um meio de se socializar o conhecimento, e realizar o processo de inclusão digital de comunidades que estão fora do circuito das instituições educacionais.

O EAD é uma oportunidade para instiruições de ensino, capacitação corporativa e mercado em expansão para tutores online.

Educação à Distancia: ainda distante?


ecomerce9293Apesar de terem crescido mais de 500% só nos últimos cinco anos, cursos EAD ainda são desconhecidos pelos brasileiros.

A idéia é antiga. Um aluno, longe do professor, aprendendo guiado apenas por um material didático especialmente preparado para ser auto-explicativo. Começou usando o correio, passou pelo rádio e televisão e agora ganha força turbinada pela internet. A educação a distância permite que o aluno possa aprender e ter acesso ao conhecimento em qualquer parte do país. [leia mais.]

A revolução da educação a distância


A sigla EaD refere-se à educação a distância, indiscutivelmente a maior inovação desta era do conhecimento no setor educacional. Nascida no século XX, na forma meio tosca do ensino por correspondência (coube-nos, por sinal, nos anos 60 dirigir os cursos por correspondência do antigo Departamento Estadual de Administração, destinados a todo o funcionalismo público estadual, quando ainda se procurava qualificar o servidor e as repartições não se tinham convertido em cabides de emprego), evoluiu para as tecnologias contemporâneas: mídia impressa, CD-ROM, DVD, rádio e TV, softwares de computador, áudio e videoconferências, entre outras. [Leia mais]